Otros

Urina muito amarelada pode revelar a presença de doença nos rins

Desidratação é uma das principais causas da formação de cálculos renais

Bom dia! Você já tomou seu copo de água hoje? Além de hidratar o corpo, você sabe qual é a importância da água para a saúde dos nossos rins?

A água no organismo faz com que a urina seja diluída, reduzindo a concentração de cristais e facilitando o trabalho dos rins na hora de eliminar nutrientes.

Nos dias mais quentes, geralmente as pessoas sofrem mais com as cólicas renais e a baixa ingestão de líquido associada a hereditariedade e a concentração de cristais facilitam a formação de pedras nos rins.

Segundo Sandra Laranja, diretora do Serviço de Nefrologia do HSPE (Hospital do Servidor Público Estadual), os rins são responsáveis pela produção de hormônios relacionados ao aumento ou diminuição da pressão arterial e pelo controle da concentração de cálcio no organismo, uma das substâncias que ajuda na formação das pedras.

Por isso, para prevenir o problema é fundamental hidratar-se. Entre os fatores que promovem a litíase renal (pedra nos rins) estão cálcio, ácido úrico, sódio, cistina e oxalato, em excesso no organismo, além do consumo exagerado de sal.

Pesquisa em SP mostra alta de 30% em cálculo renal no verão

Outro fator que facilita o desenvolvimento de cálculos é a quantidade de urina produzida pelo organismo.

― Se, quando eliminada, [a urina] possuir cor amarelada, é um indicativo de que está concentrada. O correto é que sua cor seja clara e sem odor.

Comentarios

Más popular

Arriba