Otros

Uma carta de amor: do planeta Terra para Paris

Ativistas, políticos, cientistas e artistas se reuniram em Paris para mandar um recado aos negociadores do acordo do clima – a hora de enfrentar o aquecimento global é agora

FOTO:O ator e comediante Jack Black aderiu à campanha pelo clima
“Não há um plano B porque não temos um planeta B”. Foi assim que a primeira mulher a chegar à prefeitura de Paris, Anne Hidalgo, se dirigiu à plateia do “Earth to Paris”, um dos principais eventos paralelos à Conferência do Clima de Paris, que aconteceu hoje no Petit Palais, prédio histórico da capital francesa. A organização foi da Fundação das Nações Unidas.

Ao longo de todo o dia, dezenas de palestrantes trouxeram seus relatos e experiências sobre mudanças climáticas. Uma conjunção de talk-shows, exibição de filmes, debates, entrevistas e performances artísticas manteve a plateia atenta – e super animada – ao longo de quase dez horas. O objetivo? Pressionar os líderes reunidos no Le Bourget – complexo onde ocorrem as negociações diplomáticas da COP21 – por um acordo global ambicioso de combate às mudanças climáticas, que deve sair nesta sexta-feira.

Para eles, somos a primeira geração a enfrentar os impactos do aquecimento global – e a última que pode fazer alguma coisa para enfrentá-lo. Figuras como o ator americano Adrian Grenier – que ficou conhecido por sua participação em “O Diabo veste Prada” – e o governador da Califórnia, Jerry Brown – estado americano tido como um pioneiro em políticas climáticas – marcaram presença e deixaram o local ovacionados.

O movimento já virou hashtag nas redes sociais. Conheça a campanha #EarthtoParis

EXAME

Comentarios

Más popular

Arriba