Otros

Três meses após sofrer atentado, policial aposentado é executado

Três meses após sofrer atentado, policial aposentado é executado

O policial civil aposentado, Gilvan de Oliveira Barbosa, 52, foi assassinado a tiros na tarde desta quinta-feira (11) em um estacionamento localizado na rua 11 de junho, região central de Maracaju.

Duas pessoas são apontadas como suspeitas pelo crime.

De acordo com o apurado pelo Dourados News, a vítima estava no local quando a dupla se aproximou e um deles, em posse de pistola 9mm, realizou vários disparos, atingindo a cabeça do aposentado pelo menos nove vezes.

Atentado

Gilvan foi vítima de atentado há exatamente três meses, quando foi atingido por tiros de fuzil ao sair de sua residência.

Na época, conforme o Maracaju Speed, ele estava na sua caminhonete, quando o Fiat Uno ocupado por dois homens estacionou e os suspeitos desceram atirando, relembre aqui.

Após o fato, ele conseguiu descer ao lado do passageiro e se proteger atrás do veículo.

Logo em seguida, dirigiu até o hospital onde foi atendido.

Ainda conforme o Maracaju Speed, o policial aposentado alegou receber ameaças de morte por telefone, mas não informou o que teria motivado o fato.

Comentarios

Más popular

Arriba