Otros

Trator explode em incêndio e produtor tem 80% do corpo queimado

Trator explode em incêndio e produtor tem 80% do corpo queimado
Maracaju registrou incêndios de grandes proporções

O produtor rural foi trazido para Campo Grande (Foto: Maracaju Hoje)

Um produtor rural identificado como Edmilson Vincensi sofreu queimaduras em 80% do corpo na tarde desta terça-feira (08) em Maracaju.

A cidade que fica a 158 quilômetros de Campo Grande registrou incêndios de grandes proporções nesta terça. Todos os incêndios foram combatidos pelo Corpo de Bombeiros com auxílio de aeronaves particulares.

SAIBA MAIS
Incêndio atinge terreno ocupado por famílias sem-teto em Campo Grande
Vazamento de diesel provoca incêndio em cabine de carreta na BR-262
Incêndio em bar desativado mobiliza Bombeiros no centro da Capital
O primeiro ocorreu na Fazenda Camponesa, com sede administrativa localizada a cerca de 20 km do perímetro urbano da cidade.

Segundo o site Maracaju Hoje, por volta das 14h, o incêndio mais grave foi registrado na Fazenda Noroeste, na saída para Campo Grande. As chamas teriam se iniciado no lixão da cidade.

A fazenda foi onde o produtor rural Edmilson Vincensi sofreu queimaduras graves pelo corpo quando tentou retirar um trator do meio do incêndio. O veículo estava em chamas e, quando foi conduzido por Edmilson, explodiu.
Vincensi sofreu queimaduras em pelo menos 80% do corpo e devido à gravidade de seu estado de saúde foi transferido ao Hospital Municipal de Maracaju e depois para Campo Grande.

Após esse incêndio, os bombeiros foram acionados por causa de chamas que destruíam pastagens e plantações de milho em uma propriedade próxima à Fundação MS e ao bairro Egydio Ribeiro.

Neste incêndio, os bombeiros tiveram ajuda de aviões agrícolas para resfriar as áreas atingidas pelo fogo. Os aviões foram fornecidos por empresas locais com apoio de empresários e do Sindicato Rural que forneceram combustível para as aeronaves lançarem água sobre as chamas.

Em seguida ao controle no incêndio no Egydio Ribeiro o fogo se alastrou nas terras da Aldeia Indígena Sucuri’y, acima da ponte sobre o Rio Cachoeirão, a cerca de 6 km da sede do município, na região da Fazenda Alegria. (Fotos: Maracaju Hoje)

Comentarios

Más popular

Arriba