Otros

Tecnologia está muito à frente do modelo de trabalho padrão no Brasil

SMS, mensagens no Whatsapp e até no Facebook fazem muita gente literalmente levar o escritório para casa, para a praia, para a mesa de jantar e ficar à disposição do chefe praticamente em tempo integral. Não parece uma boa ideia. Segundo estudo da Organização Mundial de Saúde, trabalhar mais do que 50 horas por semana é prejudicial à saúde e ainda reduz a produtividade…

A verdade é que a tecnologia está muito à frente do método de trabalho da maioria das empresas. Mais do que isso, anos luz à frente da legislação trabalhista brasileira, que é a mesma há muitas décadas.

Não é exatamente assim, mas é mais ou menos o que acontece hoje em dia. Com mensagens através das redes sociais ou aplicativos móveis, seu chefe pode te requisitar a qualquer momento. A diferença é que você pode estar em qualquer lugar, não mais somente em casa…até dormindo!

Antes de crucificar a tecnologia – longe disso – precisamos lembrar que graças a toda essa evolução hoje é possível, por exemplo, trabalhar remotamente do outro lado do mundo, evitar o trânsito caótico das grandes metrópoles e outros deslocamentos desnecessários. Aliás, o problema quando existe, não está na tecnologia, mas na forma como algumas empresas e chefes a utilizam.

Uma coisa é certa: é preciso ter bom senso. Uma empresa com bom senso usa a tecnologia para melhorar a relação com seus colaboradores e também sua produtividade e não para piorar tudo isso. Se uma empresa deseja usar as redes sociais para manter contato com seus funcionários em tempo integral, seria interessante pensar em um banco de horas.

olhardigital

Comentarios

Más popular

Arriba