Economia

Soja: com adubação foliar, produtor colhe 127 sacas por hectare

Dois produtores conseguiram colher até 127,17 sacas de soja por hectare no Centro-Oeste, nesta última safra. Os números expressivos foram obtidos por meio do programa de adubação da soja associado às boas praticas agrícolas.
O agrônomo e consultor técnico, Antônio Cavicchioli Pereira Neto, e o agricultor Arthur Exley Edwards, de Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul, alcançaram a melhor produtividade da região Centro-Oeste dentro do Desafio Nacional de Máxima Produtividade da Soja promovido Comitê Estratégico Soja Brasil (CESB).
Pereira Neto revela que uma área de três hectares foi reservada para serem implantadas as novas técnicas agrícolas. O produtor já adiantou que nesta safra a intenção será expandir a experiência para a área comercial.
“Nossa produtividade na área comercial foi de 67 sacas por hectare, muito aquém do que podemos incrementar. Neste ano, todo o trabalho desenvolvido nos três hectares inscritos no Desafio do CESB, será aplicado em 100% da lavoura, um total de dois mil hectares. Revisamos o nosso programa de adubação no solo e principalmente foliar e constatamos ganhos na fase de enchimento e no peso do grão, além de atingirmos a produtividade esperada”, destacou.
Ainda segundo Pereira Neto, o investimento foi de apenas R$ 30 por hectare de soja produzida. O Desafio Nacional de Máxima Produtividade da Soja na atual safra estão com as inscrições abertas até 15 de janeiro de 2016.
Saiba mais
O CESB é uma organização formada por profissionais e pesquisadores de diversas áreas ligadas à sojicultura, que se uniram para trabalhar estrategicamente e utilizar os conhecimentos adquiridos nas suas respectivas carreiras e vivências, em prol da produtividade brasileira. Por meio do Desafio Nacional de Máxima Produtividade de Soja, o CESB, tem como finalidade, contribuir diretamente com o rendimento das lavouras brasileiras, selecionando e divulgando técnicas viáveis, que possam ser aplicadas em grande escala, com foco na máxima produtividade.
Atualmente, o CESB é composto por 17 Membros e doze entidades patrocinadoras: Syngenta, BASF, Bayer, TMG, Monsanto, Sementes Adriana, Agrichem, UPL do Brasil, Stoller, Produquimica, Jacto, Instituto Phytus, Mosaic e Aprosoja.

Agrolink
Autor: Lucas Rivas

Comentarios

Más popular

Arriba