Otros

Servidores da Educação aceitam abono do governo se for incorporado ao salário

Servidores administrativos da Educação durante Assembleia na Capital – Foto: Divulgação
A Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul) realizou assembleia na quinta-feira (14), a votação sobre o reajuste salarial dos administrativos em educação da Rede Estadual de Ensino. Por unanimidade a categoria aceitou a proposta feita pelo Governo do Estado, o abono salarial de R$ 200, proposto na data base de reajuste, 1° de maio, desde que haja, por parte do poder público a incorporação no salário, no máximo até outubro deste ano.

Diante do cenário da aprovação do abono, desde que haja incorporação, o presidente da Fetems informou que o próximo passo é a negociação com o Governo do Estado. “Ao aprovar o abono com a questão da incorporação, iremos comunicar o poder público de nossa decisão e lutar para garantir que até outubro eles acatem nossa solicitação e que haja uma legislação para nos dar garantias concretas de valorização”, afirmou o presidente Roberto Magno Botareli Cesar.

Além disso, a Federação está em negociação com o Governo sobre a construção do Plano de Cargos e Carreira, após a incorporação dos administrativos na Lei Complementar 0087, o Estatuto dos Profissionais da Educação Básica de Campo Grande.

Comentarios

Más popular

Arriba