Otros

Safra de milho fecha com queda de 33% na produção, diz o Siga

Entre junho e setembro deste ano, técnicos do Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio (Siga MS), ferramenta desenvolvida pela Associação dos Produtores de Soja de Mato Grosso do Sul (Aprosoja/MS), realizaram levantamento nas lavouras do estado com o objetivo de acompanhar o desenvolvimento da 2ª safra de milho 2015/2016. Com isso, apurou-se que, ao final deste ciclo, Mato Grosso do Sul alcançou a média ponderada de 58,4 sc/ha e, devido a essas médias, a produção estadual é de 6.097.745 (6 milhões) de toneladas.
PUBLICIDADE:
04c7f90d-01de-4ea4-aa2d-9bc190d1df46

Queda acima dos 30%

Os números foram divulgados nesta quarta-feira (28) pela entidade e apontam produção 33,5% menor que o valor projetado inicialmente. No início do plantio, estimava-se que a produção seria de 9,165 milhões de toneladas. No entanto, o excesso de chuvas no início do plantio, a estiagem e a ocorrência de geadas durante a fase de desenvolvimento do grão causaram impactos diretos e significativos, causando a queda expressiva resultante.

“Essa foi uma 2ª safra extremamente complexa e desafiadora. As várias intercorrências climáticas atingiram em cheio as lavouras e derrubaram os resultados. Nossa expectativa, agora, é que a safra verão seja positiva”, afirma o presidente da Aprosoja/MS, Christiano Bortolotto.

Cautela

“No entanto, para que isso ocorra, precisamos de clima favorável para que a produtividade seja boa, e preços bons, para que os resultados da soja cubram os custos de produção que estão muito elevados e, ainda, possibilitem o saldo das dívidas adquiridas na 2ª safra”, analisa o presidente.

Em relação aos números, quando é ponderado o que foi plantado (1,740 milhão de hectares), mas que não chegou a colhido por causa das intempéries climáticas, a média de produtividade do estado fica em 58 sacas por hectare.

Entretanto, se for considerada apenas a área que de fato foi colhida (1,586 milhão de hectares), pode-se afirmar que Mato Grosso do Sul alcançou média um pouco maior: 64 sacas por hectare.
CHOCADEIRA PANTANAL
PUBLICIDADE.
13226775_132649397151746_3477280541821987743_n

Comparativos

Em outras palavras, em relação ao total efetivamente plantado (1,740 milhão de hectares), tivemos 8,8% de perda de área, alcançando, portanto, 1,586 milhão de área de fato colhida.

Desta forma, nessa equação o mais correto a se afirmar é que a média final de produtividade nesta 2ª safra (ou seja, a produtividade ponderada) é de 58 sc/ha, visto que, no início do ciclo, 1,740 milhão de hectares foram de fato plantados.

Fonte: Dourados News

PUBLICIDADE:
4f1e9f02569b857c13e0ec00c0375aff

Comentarios

Más popular

Arriba