Fronteira

Saca de soja acumula alta de 32,7% no período de um ano em MS

As informações são do Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio (Siga), da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso do Sul (Aprosoja/MS).
Vicenzzo Vicchiatti

Safra Soja

O Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio (Siga), da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso do Sul (Aprosoja/MS) divulgou um levantamento que aponta que no período de um ano, entre outubro de 2014 e outubro de 2015, a saca de soja apresentou valorização de 32,7%, indo de R$ 55,08 para R$ 73,00 de média em Mato Grosso do Sul.

O relatório ainda aponta que no acumulado do mês de outubro, entre os dias 1º e 16, o preço médio da saca da oleaginosa apresentou leve recuo de 0,84%, caindo de R$ 74,25 para R$ 73,63. Em MS, Dourados foi a cidade que registrou a maior cotação na primeira quinzena de outubro (R$ 76,00 de média), já São Gabriel do Oeste foi o município em que foi observado o menor valor, R$ 72,00.

Conforme o Siga, até o dia 16 de outubro, 28,7% dos cerca de 2,3 milhões de hectares que deverão ser cultivados com a oleaginosa neste ciclo já haviam sido semeados. As projeções da própria Aprosoja/MS e da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) indicam que o estado deve colher neste ciclo entre 6,8 e 7 milhões de toneladas de soja.

Com informações da Aprosoja/MS

Comentarios

Más popular

Arriba