Otros

Revoltado com juiz, ex-prefeito toma remédios e tenta se matar em hotel

Ex-prefeito de Aquidauana e ex-deputado estadual, Raul Freixes, que cumpre prisão em regime aberto por desvio de dinheiro, tentou tirar a própria vida na manhã desta sexta-feira (8). Ele está hospedado em hotel, no bairro Amambaí, em Campo Grande, e tomou vários remédios controlados.

A reportagem apurou que Raul estaria revoltado porque juiz teria negado alvará de soltura e porque está com problemas políticos. O ex-prefeito e ex-deputado ligou no jornal Correio do Estado e avisou que se mataria.

A recepção do hotel foi avisada pela reportagem do Portal Correio do Estado. Um funcionário foi até o quarto de Freixes, que aparentava estar “grogue” e afirmava que tiraria a própria vida.

Equipes do Corpo de Bombeiros e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) estão no hotel e fazem os primeiros atendimentos.

CONDENAÇÃO

O ex-prefeito foi condenado a quatro anos e oito meses de prisão, além da inabilitação por cinco anos para o exercício de cargo ou função pública, por desvio de dinheiro enquanto ocupava a prefeitura de Aquidauana.

Além dele, na ação foram condenados outros funcionários da prefeitura em razão da retirada de valores dos cofres públicos. Depois de condenado, Freixes impetrou recurso no Tribunal de Justiça e teve pedido negado, cujo acórdão transitou em julgado em 2012.

correio do estado

Comentarios

Más popular

Arriba