Otros

Prefeitura declara situação de emergência na zona rural de Coronel Sapucaia

Prefeitura declara situação de emergência na zona rural de Coronel Sapucaia

Ponte sobre o Rio Amambai (Foto: Vilson Nascimento/A Gazeta News)
A prefeitura de Coronel Sapucaia (a 380 quilômetros de Campo Grande) decretou situação de emergência na zona rural da cidade por conta das fortes chuvas do começo deste ano.

De acordo com o decreto, assinado pelo prefeito Rudi Paetzold, na última quinta-feira (23), em janeiro e fevereiro, choveu 341,60 mm no município, provocando enxurradas, alagamentos, vendavais e inundações em rios e córregos com destruição e danificação de estradas, pontes , tubulações, e queda de poste da rede elétrica, causando danos e prejuízos públicos e privados. Famílias ficaram parcialmente isoladas sem acesso a transporte escolar, atendimento público e causando prejuízo no sistema econômico do município.

As chuvas acarretaram danos materiais nas áreas rurais do município. Foram afetadas as seguintes localidades: na Área rural: Nhu Guaçu, Cerro Perõ, Mangaí, Colônia Brasil, Três Barras, Kurussu Ambá, Ilha Lopés e Ivaé. As fazendas Nhu Guaçu, Palmeira I, Palmeira II, Palmeira III, Batatais, Renascer encontram-se parcialmente isoladas no município, impossibilitando o transporte escolar, escoamento de safra, entrada de suplemento animal.

Foi dado parecer favorável à declaração de “Situação de Emergência” pela Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil.
Com o decreto, ficam dispensados de licitação os contratos de aquisição de bens necessários às atividades de resposta ao desastre, de prestação de serviços e de obras relacionadas com a reabilitação dos cenários dos desastres, desde que possam ser concluídas no prazo máximo de 180 dias consecutivos e ininterruptos, contados a partir da caracterização do desastre, vedada a prorrogação dos contratos.

Comentarios

Más popular

Arriba