Otros

PRE recupera em Amambai carro roubado em Minas

PRE recupera em Amambai carro roubado em Minas

Ao receberem voz prisão mineiros relataram que receberiam R$ 1 mil para trazer o veículo para a fronteira com o Paraguai.
Ampliar Foto
Clique na Imagem para ampliá-la
O Toyota Etios roubado em Minas e recuperado pela PRE em Amambai. (Fotos: Divulgação PRE)
Vilson Nascimento

A PRE (Polícia Militar Rodoviária Estadual) recuperou, na manhã dessa segunda-feira, dia 5 de setembro, em Amambai, um carro com queixa de roubo em Minas Gerais.

O Toyota Etios cor branca, placas de Uberlândia-MG, foi abordado durante barreira montada na Rodovia MS-156, trecho que liga Amambai a Caarapó.

Em primeiro momento, segundo a polícia, os ocupantes do veículo, o condutor, Guilherme Aparecido Soares, de 24 anos e seu acompanhante, Lincoln Gomes de Lacerda, de 26 anos, ambos moradores em Minas Gerais, teriam relatado que se deslocavam de Uberlândia com a finalidade de visitar familiares na cidade de Ponta Porã, na fronteira com o Paraguai.

Quando os policiais checaram o veículo e descobriram que o carro era roubado, os indivíduos teriam mudado suas versões.

Eles teriam afirmado saber que o carro tinha problemas e receberiam R$ 1 mil cada um para trazer o Etios roubado até a cidade de Caarapó, onde entregariam o veículo a uma pessoa, suspostamente moradora naquela localidade.

Como não teriam encontrado tal indivíduo, segundo relataram os mineiros à polícia, eles decidiram seguir com o carro até a fronteira com o Paraguai, onde pretendiam vender o veículo.

Encaminhados, juntamente com o carro, para a Delegacia de Polícia Civil de Amambai, Guilherme e Lincoln foram autuados em flagrante pelo delegado, Dr. Fabricio Dias Santos, pelos crimes de receptação e uso de documento falso, já que o CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo) apresentando como sendo o documento o carro era falso, segundo a polícia.

Submetida a audiência de custódia junto ao Poder Judiciário da Comarca de Amambai na tarde dessa segunda-feira, o juiz optou por manter o flagrante e a dupla foi encaminhada para a PAM (Penitenciária de Amambai), onde permanece recolhida à disposição da Justiça.

Fonte: A Gazeta News

Comentarios

Más popular

Arriba