Otros

Polícia investiga morte de mulher de 22 anos em Amambai

Polícia investiga morte de mulher de 22 anos em Amambai
Jovem de 22 anos foi encontrada com hematomas pelo corpo e com uma corda amarrada ao pescoço.

Vilson Nascimento

A Polícia Civil está investigando a morte de uma jovem de 22 anos, corrida na tarde dessa sexta-feira, dia 18 de dezembro, em Amambai.

Benarda Pavão, que é indígena e residente na Aldeia Amambai, distante cerca de cinco quilômetros da cidade, foi encontrada sentada na cama de sua residência já sem vida e com uma corda amarrada no pescoço.

A primeira impressão indicava se tratar de um suicídio, mas alguns detalhes na cena chamaram a atenção dos investigadores.

Um deles é que a mulher apresentava vários hematomas pelo corpo e outro é que ela segurava a corda, dando a impressão que estaria tentando evitar ser enforcada.

No Boletim de Ocorrência a Polícia Civil relatou que o corpo da jovem teria sido encontrado pelo seu marido e ele é quem teria comunicado os demais familiares sobre o suposto suicídio da esposa.

A polícia relatou também que após informar a morte da esposa, o marido, Adriano Silva, teria deixado o local e não foi mais visto.

Durante entrevista com moradores da reserva indígena a equipe de investigação levantou a informação que o casal costumava brigar frequentemente.

Com apoio das lideranças da reserva indígena, que é a maior do Cone Sul de Mato Grosso do Sul, com uma população aproximada de nove mil índios guarani-kaiowá, a Polícia Civil de Amambai espera localizar o marido da vítima para tentar esclarecer os fatos.

Fonte: A Gazeta News 

Comentarios

Más popular

Arriba