Otros

Polícia investiga ataque à Delegacia em Coronel Sapucaia

Polícia investiga ataque à Delegacia em Coronel Sapucaia
Ação dos criminosos ocorreu em dois horários diferentes durante a madrugada dessa sexta-feira.

Os disparos quebraram vidraças e deixaram marcas na edificação da Delegacia.

A Polícia Civil está investigando um atentado registrado contra a Delegacia de Polícia Civil na madrugada dessa sexta-feira, dia 29 de julho, em Coronel Sapucaia.

O ataque contra o prédio público, que fica na linha internacional, a poucos metros do Paraguai, ocorreu em dois horários, um por volta da 1h e outro por volta das 3 horas da madrugada.

Segundo as informações, foram disparados mais de quinze tiros que quebraram vidraças e deixaram marcas na porta e na edificação da sede da polícia judiciária local.

Outras ações

As causas ainda estão sendo apuradas, mas as suspeitas são que o ataque contra a Delegacia local na madrugada dessa sexta-feira seja mais um ato de retaliação pratico por criminosos em decorrência da atuação das forças de segurança em Coronel Sapucaia, cidade que faz fronteira seca com Capitan Bado, no Paraguai.

Deste o ano passado, quando começou a ser implantado, duas câmeras de um sistema de monitoramento instalado pela Secretaria de Justiça e Segurança Pública de Mato Grosso do Sul (SEJUSP/MS), que ainda nem chegou a ser inaugurado oficialmente, já foram destruída à tiros por criminosos.

O detalhe é que as câmeras destruídas estavam instaladas justamente no mesmo local, ou seja, na região da entrada da cidade, no acesso à rodovia MS-289 que liga Coronel Sapucaia a Amambai, por ondem chegam carros roubados de todas as regiões do País para ingressarem ao Paraguai e rota da saída de veículos carregados com drogas para abastecer, sobretudo estados como São Paulo, Minas Gerais, Goiás, Santa Cataria e Rio Grande do Sul.

Fonte: A Gazeta News

Comentarios

Más popular

Arriba