Otros

PMRE apreendeu quase 75 toneladas de drogas no ano passado, aponta balanço

PMRE apreendeu quase 75 toneladas de drogas no ano passado, aponta balanço

A Polícia Militar Rodoviária (PMR) apresenta o resultado dos trabalhos realizados através das dez Bases Operacionais, no ano 2015, nas rodovias estaduais de Mato Grosso do Sul. Os números refletem um aumento significativo em relação ao combate aos ilícitos penais, principalmente ao tráfico de drogas e contrabando de cigarros, em comparação ao ano de 2014.

As drogas apreendidas no ano de 2015 totalizaram 74.337,200 kg de maconha; 366,632 kg de cocaína; 205,975 kg de pasta base e 0,275 kg de haxixe, alcançando a soma de 74.910,082 kg de drogas apreendidas, um aumento de mais de 11% em comparação a 2014.

Em relação ao número de apreensões de cigarros, a diferença é ainda maior. Foram apreendidos 997.852 de pacotes de cigarros em 2015, contra 363.860 pacotes no ano anterior, um aumento de mais de 174%, ocasionando prejuízo de mais de R$ 160 milhões aos infratores da lei.

Além do combate aos ilícitos penais nas rodovias e estradas do Estado, a Polícia Militar Rodoviária desenvolveu um trabalho intenso de fiscalização para coibir as violações às leis de trânsito, visando diminuir o número de acidentes automobilísticos.

Em 2015 houve uma redução significativa no número de vítimas fatais decorrentes de acidentes automobilísticos em relação ao ano anterior. Em 2014 foram 153 vítimas fatais, contra 105 em 2015, perfazendo uma redução de 31,38%.

O comandante da Polícia Militar Rodoviária, coronel QOPM Waldir Ribeiro Acosta, destaca que o balanço positivo é reflexo do trabalho de valorização dos policiais militares, que é uma das diretrizes do seu comando.

Desde que assumiu o comando da PMR em 2014, o coronel Waldir, juntamente com seus oficiais, procurou estabelecer diretrizes de valorização e incentivo do policial militar rodoviário, principalmente daquele que está trabalhando na rodovia, na linha de frente de combate às infrações de trânsito e aos ilícitos penais que ocorrem nas estradas e rodovias do nosso Estado. Os números positivos evidenciam o resultado dessa valorização, bem como a qualidade técnico-profissional dos integrantes da Unidade.

“Os números positivos são importantes, obviamente, entretanto, não podem ser considerados unicamente como balizadores dos objetivos de qualquer comando. Por isso, nenhum investimento é mais importante do que naquele que realmente faz a diferença, o ser humano, que deve estar consciente da importância da sua missão para a sociedade e para consigo”, destacou o oficial.

Comentarios

Más popular

Arriba