Otros

PMA realiza Educação Ambiental para 60 escoteiros de Capitan Bado e de Coronel Sapucaia e limpeza de córrego

PMA realiza Educação Ambiental para 60 escoteiros de Capitan Bado e de Coronel Sapucaia e limpeza de córrego

O Núcleo de Educação Ambiental da Polícia Militar Ambiental de Dourados realizou entre os dias 8 e 10, trabalho preventivo de Educação Ambiental para 60 crianças e adolescentes escoteiros de Capitan Bado (PY) e de Coronel Sapucaia (MS). As atividades educativas trataram sobre várias questões ambientais, tais como, a pesca predatória, caça ilegal, sobre a importância da vegetação e todas as questões relativas à flora, como os desmatamentos, incêndios, discussões sobre os resíduos sólidos, fauna, recursos hídricos e solos, entre outros temas.

Durante os trabalhos sobre a fauna, foram expostos animais e peixes taxidermizados, bem como materiais apreendidos em fiscalizações, com discussões sobre a importância do equilíbrio da fauna e os motivos dos animais estarem ali mortos e não na natureza, sendo debatidas as questões da caça, tráfico de animais e sobre as introduções e invasões de fauna, especialmente sobre o Javali, problema recorrente na região.

As atividades ocorreram no Parque Arnulpho Fioravante, em Dourados, onde também foram executados plantios de mudas nativas com os jovens e discutida a questão do desmatamento e importância da flora. Em parceria com o Instituto de Meio Ambiente de Dourados todos realizaram a limpeza do córrego Paragem, de onde foram retirados pneus e vários outros tipos de resíduos..

Em Amambai, durante o “Arraiá do João Fartura” da 3ª Companhia PM da cidade, os policiais aproveitaram para fazer Educação Ambiental para as crianças e adultos participantes. Foi instalado um estande com animais e peixes taxidermizados (empalhados), e também contendo materiais utilizados em crimes ambientais.

O objetivo deste trabalho de Educação Ambiental é desenvolver o entendimento dos adolescentes de que o ambiente é um sistema complexo e que, cada ente afetado, prejudica outros entes em forma de cascata. Os trabalhos visam ainda a demonstrar a importância da conservação ambiental, como forma de gerar e manter qualidade de vida ao ser humano.

Fonte: Assessoria

Comentarios

Más popular

Arriba