Otros

Pistoleiro mata adolescente por engano e família tenta linchá-lo

Arma usada no crime desapareceu durante confusão.

Adolescente de 14 anos que estava na frente de sua residência, em Ponta Porã, foi executado com vários tiros no começo da noite de ontem (13).
PUBLICIDADE:
banner-anuncie

Os pistoleiros estavam em moto estrangeira e quem fez os disparos foi o garupa. Ele estava armado com pistola .765.

O atirador foi reconhecido ainda no local do crime como sendo Bruno Gonçalves, de 20 anos. Ele tentou fugir, mas parentes da vítima o perseguiram e tentaram linchá-lo. O suspeito ficou ferido e foi encaminhado para o Hospital Regional de Ponta Porã e depois de medicado a polícia o conduziu à delegacia.

A arma usada para executar o adolescente foi furtada durante a tentativa de linchamento. A polícia indicou que a principal suspeita é que algum parente da vítima pegou a pistola. Para a investigação do assassinato, a perícia do armamento é fundamental.

O Porã News apurou que a execução teria sido equivocada e o pistoleiro errou o alvo. A Polícia Civil vai apurar os motivos do crime. Não foi divulgado sobre o paradeiro do condutor da motocicleta.CORREIO DO ESTADO.

PUBLICIDADE:
485x90_Chácara Florestal

Comentarios

Más popular

Arriba