Otros

PF prende militar envolvido em esquema de tráfico de armas em Ponta Porã

Homem servia à Força Nacional e era investigado pela PF há alguns meses

Policial militar que serve a Força Nacional, que não teve a identidade divulgada, foi preso pela Polícia Federal de Mato Grosso do Sul, sob a suspeita de ter envolvimento com o tráfico internacional de armas.

Ele é cabo da PM do Piauí, mas servia à Força Nacional. Um sargento da PM do Rio de Janeiro também é investigado.

Conforme as informações do site Cidade Verde, o cabo da PM foi abordado na cidade de Ponta Porã, transportando munições. A quantidade e o calibre das munições não foi informado.

A suspeita é a de que o cabo da PM seria responsável apenas pelo transporte do material do estado do Mato Grosso do Sul até o Rio de Janeiro. As munições seriam de outro militar.

De acordo com o secretário de segurança do Piauí, Fábio Abreu, “tudo vai depender do que for apurado, porque ele pode ter agido de boa fé, ele informou que não sabia o que era a encomenda. Um sargento do Rio de Janeiro teria pedido que ele transportasse o pacote, que continha munições de arma de fogo. Ele poderá ser liberado caso se confirme que ele não estava envolvido”.

Segundo ele, o militar entrou na PM/PI em 2005 e era lotado no Batalhão das Rondas Ostensivas de Natureza Especial (Rone), antes de atuar na Força Nacional.

A PF chegou até ele depois de meses investigando o sargento da PM do Rio de Janeiro. O militar preso vai responder a processo administrativo em Brasília e, caso confirmado seu envolvimento, deverá ser encaminhado ao Piauí novamente, onde será aberto inquérito policial militar.

A pena pelo crime de tráfico de armas é de quatro a oito anos de reclusão, além de multa
Internacional news

Comentarios

Más popular

Arriba