Otros

PF: André teria 15 fazendas em nome do ‘laranja’ Mauro Cavalli

Por: Folha de Dourados

Ex-governador André Puccinelli está encrencado com a Polícia Federal
Ex-governador André Puccinelli está encrencado com a Polícia Federal
jornali9.com

Um relatório da Polícia Federal identificou indícios de que, o ex-governador André Puccinelli usa ‘laranja’ para comprar propriedades. As investigações dão conta que Mauro Cavalli, administrador e pecuarista que já foi coordenador-geral de licitação da Semad (Secretaria Municipal de Administração de Campo Grande) durante a gestão de André Puccinelli na Prefeitura seria um “testa de ferro/laranja”, de Puccinelli, e que da parceria, tornou-se um dos maiores pecuaristas de Mato Grosso do Sul. Entre os anos de 1997 a 2003 (administração Puccinelli) adquiriu um grande patrimônio em imoveis rurais (fazendas).

Investigação revela que quando entrou na prefeitura, em 1997, Cavalli apresentou uma declaração de bens de cerca de R$ 40 mil. Em 2003 apenas, uma das fazendas em nome do ex-chefe de licitações teria sido avaliada em R$ 5,8 milhões. E naquele mesmo ano, o valor dos imóveis rurais e urbanos de Cavalli ultrapassaria R$ 10 milhões.

Ação penal

APn 573 – a denúncia mais antiga na qual Puccinelli é acusado apura suposta lavagem de dinheiro e ocultação de bens quando ele ainda era o prefeito de Campo Grande. O MPF abriu inquérito baseado em extenso levantamento dos rendimentos de Puccinelli e de seu ex-coordenador municipal de licitações, Mauro Cavalli, feito pelo então promotor do MPE (Ministério Púbico Estadual) Marcos Antônio Martins Sottoriva. No Inquérito n. 549, Sottoriva aponta o montante da renda dos acusados versus a compra de grandes fazendas na região entre Terenos, Anastácio e Nioque, entre 1997 e 2003.

As 15 fazendas de Puccinelli

null

null

null

null

null

Comentarios

Más popular

Arriba