Brasil

Pedreiro furta dólares de fundo falso de parede durante reforma

Pedreiro furta dólares de fundo falso de parede durante reforma
Pedreiro foi achado depois de denúncias de que trocava dólares no mercado

O pedreiro Francisco Soreano da Silva, 51 anos, furtou 17,5 mil dólares da casa de um funcionário público, 51 anos, onde atuava em reforma, na Vila Carlota, em Campo Grande. O dinheiro estava escondido em fundo falso de uma parede, na cozinha.

Conforme informações do delegado Reginaldo Salomão, da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf), onde o caso foi investigado, o dinheiro foi encontrado durante demolição de parte do imóvel e o dono soube do furto pela polícia, uma semana depois do dia do crime, ocorrido em 31 de outubro.

“Francisco e um sobrinho reformavam a casa e ao quebrar uma das paredes achou os dólares. Sem dizer nada, escondeu na maleta de ferramentas. Recebemos informações de que uma pessoa estava trocando dólares no mercado legal e negro e, em investigação, chegamos no caso”, disse.

Ainda de acordo com a autoridade policial, Francisco, morador do Bairro Los Angeles, conseguiu cerca de R$ 60 mil com troca dos dólares. Com este dinheiro, comprou um automóvel Pampa, distribuiu R$ 8 mil, entre quatro filhos e deu uma parte para um sobrinho que o auxiliou na troca da moeda e ocultação das notas.

O rapaz foi identificado pela polícia como Daniel Soreano da Silva, 30 anos. Ambos foram indiciados por furto qualificado pelo concurso de pessoas e crime financeiro pela venda de dólares. Eles prestaram depoimentos e responderão ao processo em liberdade, por não ter havido flagrante.

Sobre a origem dos dólares, o delegado enfatizou que não é competência da Polícia Civil investigar.  

Delegado Reginaldo Salomão presidiu o inquérito (Foto: Bruno Henrique/Correio do Estado)

Delegado Reginaldo Salomão presidiu o inquérito (Foto: Bruno 
Correio do estado

Comentarios

Más popular

Arriba