Otros

PARAGUAI SEGUE DANDO AULAS DE DEMOCRACIA E DESENVOLVIMENTO

PARAGUAI SEGUE DANDO AULAS DE DEMOCRACIA E DESENVOLVIMENTO
País vizinho acertou a economia, se livrou dos bolivarianos seguindo a Constituição e atrai investimentos em massa.

Este Sul Connection já tratou da exemplar situação política e econômica do Paraguai outras vezes. Primeiro trouxemos matéria mostrando que o vizinho, outrora conhecido como mero exportador de bugigangas, havia se tornado um oásis para investidores interessados em construir indústrias e realizarem investimentos produtivos. Depois, mostramos que em meio a uma mobilização internacional bolivariana de Dilma, que encontrou eco em países de quinta categoria como Bolívia e Venezuela, o Paraguai havia dado uma tapa na cara dos bolivarianos, defendendo a democracia e os processos Constitucionais.
PUBLICIDADE:
ORO BLANCO

Agora, líderes paraguais vem ao Brasil para continuar oferecendo um país estável, com uma economia crescendo a mais de 3,5% ao ano e inflação controlada em irrisórios 3,1%. Não é de sentir inveja? Além do cenário macroeconômico estável, o país promete vantagens como mão de obra e energia mais baratas, assim como um sistema simples de taxação e a Lei da Maquila – a joia da coroa para os investidores brasileiros.
PUBLICIDADE:
LILIAN

“O Paraguai começou a mostrar­-se mais para o restante do mundo. Nesse processo, tem muita lógica que seu principal parceiro no Mercosul, o Brasil, nos veja com outros olhos”, disse em entrevista coletiva o ministro da Fazenda, Santiago Peña. As informações são de Renata Tranches n’O Estadão.

Para o caso de enfrentarmos um trágico cenário, com a recusa do impeachment no Congresso ou uma intervenção abrputa do Judiciário, via STF, este Sul Connection já sabe da onde continuar suas atividades no exílio.

PUBLICIDADE:
1919612_1203389903012465_7594708261898672561_n

Comentarios

Más popular

Arriba