Fronteira

Paraguai – Dupla execução pode estar ligada a desaparecimento de policial rondonense

Em abril deste ano o policial rodoviário federal Douglas Renato Hermmann, de 33 anos, desapareceu misteriosamente após ter cumprido plantão, deixado a farda e a pistola em casa e dito a esposa que sairia com colegas.

A dupla execução ocorrida na tarde de ontem (28) em Salto del Guairá, no Paraguai, pode estar ligada ao desaparecimento de um policial rodoviário federal de Cascavel/PR em abril deste ano, segundo informações locais.

Um dos mortos estaria envolvido no sumiço e também na execução de dois policiais militares da reserva em Mundo Novo, ocorrida há dois meses.

Em abril deste ano o policial rodoviário federal Douglas Renato Hermmann, de 33 anos, desapareceu misteriosamente após ter cumprido plantão, deixado a farda e a pistola em casa e dito a esposa que sairia com colegas.
PUBLICIDADE.
Tacuru

Alguns dias depois, segundo fontes policiais, o veículo em que o agente estava, uma caminhonete Toyota/Hilux, foi encontrada no território do Paraguai, crivado de disparos de arma de fogo e com sangue no interior.

Na mesma época, um veículo Jeep/Cherokee também foi encontrado no Paraguai, completamente incendiado.

Segundo informações divulgadas em sites da região, câmeras de monitoramento da ponte Ayrton Senna, entre Mundo Novo e Guaíra, flagraram os dois veículos seguindo juntos ao Paraguai no dia do sumiço do agente federal.

Além disso, no dia 8 de julho, em Guaíra, os jovens Djordan William Ribas da Cruz, 19 anos, e Roberto Dias Ribeiro Junior, 20 anos, foram presos acusados de executar três pessoas, incluindo um policial da reserva.

Na mesma operação, outras pessoas também foram detidas e seriam suspeitas de homicídios em cidades como Guaíra, Altônia, Umuarama, Mundo Novo e Iguatemi, em Mato Grosso do Sul.
ssssssssssssssssssss61
Ainda na tarde de ontem (28), dois suspeitos do duplo homicídio ocorrido no mesmo dia em Salto del Guairá, que vitimou Jhoni Reis Fernandéz (32) e Jairo de Castro Alves (44), brasileiros com dupla cidadania e empresários na cidade de Mundo Novo/MS, foram presos pela Policia Nacional Paraguaia, são eles: Janio Ricardo Benitez e Cleucio Pereira dos Santos.
marechal news
Foto: César Galeano.

Comentarios

Más popular

Arriba