Otros

Pai é preso em flagrante suspeito de estuprar bebê de dez meses

Mãe havia deixado a filha com o pai para trabalhar. Sinais de abuso foram confirmados após exames de corpo de delito.

Um homem de 24 anos foi preso suspeito de estuprar a filha de dez meses em Tangará da Serra, a 242 km de Cuiabá, no Mato Grosso. A mãe da bebê teria deixado a filha com o pai enquanto ia trabalhar, na última quarta-feira (18), em um supermercado na cidade. Ao chegar em casa, a mãe disse ter notado que a menina apresentava marcas de mordidas no braço e havia chorado bastante. Em depoimento à Polícia Civil, o suspeito negou a autoria do abuso e alegou que ninguém mais teve contato com a menina.

À polícia, a mãe relatou que, ao encontrar a filha com sinais de agressão, a levou para um posto de saúde. A médica responsável encontrou sinais de agressão sexual ao examinar a genitália da bebê de dez meses e informou o Conselho Tutelar que, por sua vez, acionou a polícia.

A violência sexual foi constatada após exames de corpo de delito e as marcas no braço da bebê foram confirmadas como mordidas. Segundo a Polícia Civil, o pai da criança foi preso no mesmo dia, em flagrante, e negou a autoria do crime.

“Ele negou a autoria do crime, mas disse que ninguém, além da mãe da criança, teria tido contato com a bebê”, disse a delegada responsável pelo caso, Liliane Soares.

Segundo a delegada, a mãe da menina, que morava com o suspeito e está grávida de um outro bebê de cinco meses, declarou estar chocada. “Ela disse que nunca observou nenhum sinal de agressividade ou que a levasse a desconfiar que o marido poderia vir a abusar da filha. A criança já está em casa com ela, mas por ser pequena, não entende o que aconteceu”, contou.

O homem foi preso em flagrante pelos crimes de estupro de vulnerável e lesão corporal. Segundo a delegada, foi feito um pedido de prisão preventiva para que ele permaneça preso, mas ela ainda não teve acesso aos autos para conferir se o procedimento foi aceito.MARECHAL NEWSS

Comentarios

Más popular

Arriba