Fronteira

“Operação São Tomé” investiga nepotismo em prefeitura e hospital de Paranhos

O Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado) realiza nesta manhã a Operação São Tomé, em Paranhos – distante 469 km de Campo Grande. O objetivo é recolher documentos para investigar casos de nepotismo envolvendo a prefeitura municipal.

PUBLICIDADE:
13092106_1611666555820465_6080931976589998881_n

Serão cumpridos três mandados de busca e apreensão na prefeitura, Hospital Municipal e Secretaria de Saúde do município, com o intuito de apreender documentos e objetos que servirão de provas para a acusação de nepotismo no município.

Os mandados de busca e apreensão foram expedidos pelo Juiz da comarca de Sete Quedas e estão envolvidos na operação três Promotores de Justiça e 13 policiais.

A operação tem nome de São Tomé em alusão ao primeiro caso de nepotismo do Brasil, que se deu já na época do Império.
internacional news
PUBLICIDADE:
13925086_1309636102387844_569529429680790206_n

Comentarios

Más popular

Arriba