Otros

Número de pessoas com H1N1 quase dobra em Dourados em apenas uma semana

Os casos de pessoas diagnosticadas com H1N1 em Dourados vêm aumentando nos últimos dias. Em uma semana, o número subiu de 14 para 22 pacientes que contraíram o vírus. Os dados são do boletim epidemiológico divulgados pelo núcleo de Vigilância Epidemiológica de Dourados. Já as notificações somam 43 registros, com 12 atestando negativo e nove aguardando resultados. Na semana passada,os casos suspeitos eram de 35.

Até o momento não há registro de mortes ou casos sendo investigados por conta da doença. Anteriormente na cidade havia a investigação da morte de uma mulher de 37 anos, moradora no Jardim Água Boa que veio a óbito no dia 19 de maio, após apresentar sintomas da doença como dificuldade em respirar, no entanto os exames mostraram que o óbito não foi causado pelo H1N1 relembre aqui.

Na semana passada, um outro caso de morte pela doença foi divulgado, porém após investigação foi constatado que o paciente era morador no município de Douradina e que havia dado o endereço do irmão que reside no Jardim Água Boa, em Dourados, com isso a cidade segue sem mortes confirmadas pela doença.

Em Mato Grosso do Sul de acordo com o boletim da Secretaria de Estado de Saúde do Estado (SES), divulgado no dia 01 de junho, neste ano foram notificados 615 casos de pessoas que apresentaram a Síndrome Respiratória Aguda Grave, com 166 pacientes confirmados com a doença, com 31 mortes pela doença.

Os municípios com registro de mortes são dois em Aquidauana, Bataguassu, Caarapó, Jardim e Três Lagoas; nove em Campo Grande; cinco em Naviraí, um em Corumbá, Coxim, Juti, Ivinhema, Maracaju e São Gabriel do Oeste.

Um novo boletim deve ser divulgado nesta quarta-feira (08) pela SES.

douradosnews

Comentarios

Más popular

Arriba