Economia

Nove em cada dez varejistas não vão contratar temporários

A queda nas vendas e a falta de confiança na economia tem contribuído para a contenção de gastos

A crise está freando a contratação de funcionários temporários neste final do ano no comércio varejista e de serviços.

Um levantamento feito pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) Brasil e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) revelou que nove em cada dez varejistas não abriram nem pretendem abrir vagas temporárias neste ano. A pesquisa contou com a participação de 1.168 empresas.

Com a perspectiva de vendas mais fracas, quase 50% das empresas que não vão contratar funcionários acreditam que a equipe atual será suficiente para atender a demanda neste final do ano.

A queda nas vendas e a falta de confiança na economia têm contribuído para a contenção dos gastos.

As empresas consultadas apontam ainda as mudanças na política e no cenário econômico (53%), o desemprego (47%) e a diminuição do poder de compra das famílias (45%) como os responsáveis pelo desempenho mais fraco.

A previsão é de que sejam criadas 24,5 mil vagas temporárias neste final do ano em todo o país. Devido a mudanças na metodologia do levantamento do SPC, não é possível fazer uma comparação com o número de temporários contratados no ano passado.

Fonte: Opinião & Notícia

Comentarios

Más popular

Arriba