Brasil

No dia do aniversário, pai reencontra a filha depois de quase 18 anos

Pai e filha querem compensar o tempo perdido e matar a saudade.
Suelen Santana de Bastiani, de 20 anos, reencontrou o pai, Luís Andrei de Bastiani, de 46 anos, depois de quase 18 anos afastados. O reencontro aconteceu na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) Piratininga na tarde desta quarta-feira (30). Depois da separação dos pais, a jovem nunca havia feito contato com o pai.
sueli-filha-luis-pai-encontro-pr-3

sueli-filha-luis-pai-encontro-pr-5
Unindo a vontade de encontrar o pai ao incentivo do marido, a jovem procurou a delegacia em dezembro de 2015. “Desde pequena eu sinto a necessidade de encontrar meu pai e graças à investigação da Maria Campos (investigadora especializada em desaparecimento de pessoas) isso pôde acontecer”, afirma Suelen.

Luís Andrei foi localizado em um assentamento próximo a cidade de Sidrolândia, 70 quilômetros de Campo Grande. O trabalhador rural foi intimado a comparecer na Capital e, coincidentemente, a data é a mesma do seu aniversário. “Imagina o presente que estou ganhando hoje. Estou muito feliz em reencontrá-la, não vamos mais perder o contato e quero matar a saudade”, disse.

No terceiro casamento, Luís nunca escondeu da esposa que tinha uma filha e que gostaria de reencontrá-la. Hoje, ele está casado e tem dois filhos, Andrei de 2 anos e Maria Clara de 11 meses. Além de uma adolescente de 12 anos do casamento anterior.

Suelen afirma que, de agora em diante, quer compensar o tempo perdido com o pai. E ele, quer ser presente cada vez mais na vida da filha.CORREIO DO ESTADO
PUBLICIDADE.
FB_IMG_1459299243243

Comentarios

Más popular

Arriba