Brasil

Mulher se divorcia alegando que marido era “baixo demais”

Um caso inusitado de divórcio repercutiu em toda imprensa da Arábia Saudita, após um mulher se separar por seu marido ser “baixo demais”.

Segundo a mulher, o casamento terminou porque ela não conseguia aguentar mais a vergonha que sentia ao ser vista com seu marido. Os dois estavam casados há apenas sete meses, quando a mulher decidiu se separar.

De acordo com o site TVI24, a mulher disse que era alvo de piadas por ser mais alta que o marido e que a situação tinha se tornado insustentável e que não se sentia confortável a passear com o marido à frente de estranhos.

Ainda de acordo com a publicação, o porta-voz da instituição matrimonial de Al Qatif afirmou que este foi um dos pedidos de divórcio mais estranhos de que teve conhecimento.

Pesquisa – A ciência comprovou que, para as mulheres, o tamanho realmente importa – ao menos no que se refere à altura.

De acordo com um estudo feito por psicólogos americanos, homens mais baixos que a média têm menos parceiras sexuais que os de altura mediana ou mesmo os muito altos.

A razão para isso, de acordo com a pesquisa, publicada na última edição do periódico científico Evolutionary Psychology, é que elas preferem parceiros ligeiramente mais altos que elas.

“Nossos resultados confirmam que a altura é relevante no mercado amoroso. É possível que, para a maioria das mulheres, exista um certo ‘limiar mínimo de altura’, acima do qual elas vão considerar um homem um parceiro em potencial”, explica o psicólogo David Frederick, professor da Universidade Chapman, nos Estados Unidos, e líder do estudo. “Por isso, homens acima desse limite terão um número similar de parceiras.”
PUBLICIDADE
capa 2

Comentarios

Más popular

Arriba