Brasil

MULHER "DE FOGO" ATROPELA POLICIAL EM PONTA PORÁ

Uma mulher de 31 anos foi presa em Ponta Porã, cidade a 323 quilômetros de Campo Grande, após atropelar um policial militar e em seguida ser flagrada no teste do bafômetro, comprovando que estava dirigindo embriagada. A viatura estava atendendo um chamado de perturbação do sossego, quando o policial foi atingido pelo veículo da autora, por volta das 2h30 de hoje (24).
De acordo com o boletim de ocorrência, a viatura da PM (Polícia Militar) foi até a avenida Brasil, em frente a Associação Comercial da cidade, para atender uma ocorrência de perturbação de sossego. No local, o dono do carro denunciado por som alto foi orientado e liberado em seguida, pois a pessoa que ligou para a polícia não quis mais registrar a ocorrência.
b6f59e50-563a-43df-bf00-cc65db8a658b

3a37e782-6bfc-4d86-84d8-57068ef358cb
Após atenderem a ocorrência inicial, o soldado Willian Delgado estacionou a viatura no local e ao descer foi atropelado por uma Toyota Fielder, sendo arremessado. Uma viatura do Corpo de Bombeiros foi acionada para socorrer Delgado, que foi encaminhado para o hospital do município.
Abordada pelos outros policiais, a mulher que dirigia o Toyota tinha visíveis sinais de embriaguez, conforme o boletim de ocorrência. Ela foi encaminhada para a 1ª DP (Delegacia de Polícia) de Ponta Porã, onde aceitou realizar o teste do bafômetro, afirmando não ter bebido.

Com o exame tendo resultado de 0,49 miligramas de álcool por litro de ar expelido, a mulher foi autuada em flagrante por conduzir veículo com a capacidade psicomotora alterada em razão da influência de álcool e encaminhada para o 1º Depol (Departamento de Polícia Legislativa). O policial atropelado foi submetido a exames de raio-x das pernas e do braço direito, mas até a finalização da ocorrência não havia resultado apontando alguma fratura ou lesão mais grave.

PUBLICIDADE:
1argamasa grudabem

Comentarios

Más popular

Arriba