Otros

MS: Após prisão de pai, mãe também é indiciada pelo estupro de quatro filhas

A polícia indiciou por estupro de vulnerável, a mãe das quatro meninas de 14, 15, 17 e 19 anos, estupradas pelo próprio pai durante anos. O crime foi denunciado à polícia pela garota mais velha, no ano de 2013, quando todas as adolescentes eram menores de idade. Na época, o criminoso, um zelador de 39 anos fugiu com a mãe das meninas, que negava o fato, mesmo após as filhas denunciarem o caso e contarem com detalhes como o abuso ocorria. O casal tem outros três filhos e também vai responder pelo crime de maus tratos e abandono das crianças.

Conforme o delegado titular da Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente), Paulo Sérgio Lauretto, que acompanha o caso, a mãe das meninas foi indiciada na sexta-feira (6), após encerramento do inquérito.

Exames de corpo de delito foram feitos nas quatro meninas e ficou comprovado que as três mais velhas não eram mais virgens. Além disso, todas as quatro haviam contraído doenças sexualmente transmissíveis.

Após o fato, o Conselho Tutelar começou a acompanhar o caso e a mãe foi encontrada. Em depoimento ela disse não acreditar na versão contada pelas filhas.

No mesmo ano, o acusado conseguiu fugiu com a esposa deixando as meninas com parentes. O inquérito continuava em andamento e a polícia não parou de fazer diligências para encontrá-lo.

Mas, no final do mês de outubro, a polícia descobriu que as meninas estavam morando novamente com a mãe e com pai. Temendo que o homem, agora com sete filhos, também abusasse da filha menor de 6 anos, a polícia decidiu pedir a mandado de prisão preventiva, o que foi aceito pelo juiz.

O homem foi encontrado e detido no dia 29 de outubro, em uma residência no Bairro Universitário, onde morava com a mulher e as meninas. O acusado já foi condenado pelo crime de lesão corporal seguida de morte, estuprou a ex-namorada em Aquidauana, a 135 quilômetros da Capital, e tem passagens pelos crimes de furto, receptação e lesão corporal. Agora, ele também vai responder pelo estupro das quatro filhas. (CGNews)

Comentarios

Más popular

Arriba