Otros

Morte de Rafaat gera ‘alerta muito grave’

Segundo Secretário de Segurança, crime seria obra de criminosos paulistas.
‘Há risco real de aumento da criminalidade no Brasil’, declarou Beltrame.

O assassinato de Jorge Rafaat, na noite de quarta-feira (15), em Pedro Juan Cabalero, na fronteira do Paraguai com o Brasil, representa um risco real de aumento da criminalidade no país. A afirmação foi feita pelo secretário de Segurança do Rio, José Mariano Beltrame, nesta quinta-feira (16).
De acordo com ele, o assassinato de Rafaat teria sido orquestrado por uma facção criminosa de São Paulo, mas os reflexos seriam sentidos também no Rio, já que a quadrilha se tornaria importante distribuidora de drogas e armas para criminosos cariocas.
Jorge Rafaat, traficante morto no Paraguai (Foto: Reprodução/TV Globo)
Jorge Rafaat, traficante morto no Paraguai
(Foto: Reprodução/TV Globo)
“Já atuei em investigações sobre esse traficante [Rafaat], que era antigo no crime e conhecido por tentar impedir que quadrilhas brasileiras se instalassem na região. A morte cinematográfica dele evidencia que criminosos brasileiros resolveram tomar o controle da região, e se isso se confirmar será um alerta muito grave para as autoridades de todo o país”, declarou, acrescentando que a facção controlaria os dois lados da fronteira e teria o domínio de toda a cadeia criminosa, produzindo drogas no país vizinho e trazendo-as para o Brasil:
“Temos relatórios dando conta de que a facção já atua no Paraguai e isso, se confirmado, vai mexer com o futuro da criminalidade no Brasil. A morte desse traficante é um alerta muito grave para todos nós”, disse Beltrame.
Jorge Rafaat, conhecido como “Rei da Fronteira”, foi morto numa emboscada, na qual o carro que dirigia foi alvejado por mais de 200 tiros de metralhadora ponto 50. O grosso calibre da arma, usada até contra aeronaves em guerras, perfurou a blindagem do veículo. Acusado de tráfico de drogas pela Justiça brasileira, Rafaat vivia no país vizinho como um empresário de sucesso.

Comentarios

Más popular

Arriba