Otros

Morre no Hospital de Dourados bebê internada com suspeita de abuso sexual

Morre no Hospital Universitário bebê internada com suspeita de abuso sexual

A equipe médica da UTI (Unidade de Terapia Intensiva) Pediátrica do Hospital Universitário da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados) confirmou a morte do bebê de 10 meses internado no local desde a segunda-feira. A menina chegou com suspeita de ter sofrido violência sexual e de acordo com a assessoria do hospital, faleceu por volta das 6h da manhã desta quinta-feira (18).

A menina apresentava sinais sugestivos de morte encefálica e a equipe trabalhava para obter as condições necessárias para abrir o protocolo de confirmação do quadro.

PUBLICIDADE:
555

A suspeita inicial era de uma lesão que poderia ter sido provocada por agressão externa, mas de acordo com o laudo oficial do exame de tomografia de crânio, emitido na noite de ontem, foi identificada a existência de um tumor no cérebro da paciente.

De acordo com a Declaração de Óbito, a causa da morte foi “choque neurogênico por tumor cerebral”, que acontece quando ocorre hipotensão arterial (pressão baixa) no cérebro.

O CASO

A menina chegou a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) com quadro de desnutrição e desidratação. Lá, a equipe que a atendeu identificou, além dos sintomas anteriores, sinais de que ela poderia ter sofrido violência sexual, e acionou o Conselho Tutelar para averiguação do caso.

Na tarde de segunda-feira (15), a criança sofreu parada cardiorrespiratória e foi encaminhada ao HU-UFGD.

A polícia deu início à investigação do caso logo após o registro do boletim de ocorrência, feito no mesmo dia. O pai da menina e a avó, moradores na Vila São Bráz, já foram ouvidos pela Delegacia da Mulher.

O médico legista que a atendeu a menina constatou sinais de abuso no ânus possivelmente com penetração de dedo.

Comentarios

Más popular

Arriba