Otros

Mesmo crescendo, Brasil tem pior resultado do PIB entre 39 países

Mesmo crescendo, Brasil tem pior resultado do PIB entre 39 países

Só a Grécia também teve queda na comparação com mesmo período do ano anterior, mas taxa dessazonalizada e anualizada mostra outra história

Por João Pedro Caleiro access_time 1 jun 2017, 13h18 – Publicado em 1 jun 2017, 12h46 more_horiz
notas de reais
Investimento: LCs podem pagar até 120% do CDI (Andrew Harrer/Bloomberg)
São Paulo – O Brasil ficou em último lugar entre 39 países no ranking de crescimento anualizado divulgado pela Austin Ratings.

Os números divulgados pelo IBGE hoje mostram que o PIB subiu 1% no 1º trimestre de 2017 em relação ao 4º trimestre de 2016.

O número já era esperado pelo mercado e representa a primeira alta após 8 trimestres seguidos de alta, apesar de ainda ser prematuro falar em final da recessão.

Mas comparando o 1º trimestre de 2017 com o mesmo período de 2016, o PIB continua caindo: 0,4%.

Na lista da Austin, todos os outros países tem números positivos nessa conta com exceção da Grécia (-0,3%). No topo da lista estão China (6,9%), Filipinas (6,4%) e Índia (6,1%).

Já na taxa dessazonalizada e anualizada, o crescimento brasileiro ficou em 4,3% – um número alto na lista, comparável com Portugal (4,1%) e Polônia (4,5%).

As fontes utilizados foram a Austin Rating, IBGE, Bancos Centrais, Eurostat, OCDE, FMI e Banco Mundial.

As estimativas da Austin para o crescimento brasileiro estão em 0,7% para 2017 e 2,2% em 2018, mas a tabela mostra as projeções de mercado do último Boletim Focus.

Veja a tabela:

1º Tri 2017 / 1o Tri 20161o Tri 2017 / 4o Tri 2016Proj. 2017Proj. 2018
1China6,9%5,3%6,6%6,2%
2Filipinas6,4%4,5%6,5%5,6%
3Índia6,1%n.d.7,2%7,7%
4Malásia5,6%n.d.4,3%4,0%
5Indonésia5,0%n.d.5,2%5,4%
6Estônia4,4%3,2%2,3%2,7%
7Hong Kong4,3%2,9%2,8%2,2%
8Hungria4,1%5,3%3,4%3,5%
9Israel4,0%1,4%3,4%3,9%
10Polônia4,0%4,5%3,2%3,1%
11Letônia3,9%7,3%2,7%3,0%
12Lituânia3,8%5,5%2,9%3,1%
13Holanda3,4%1,8%2,2%1,8%
14Tailândia3,3%5,2%3,8%2,6%
15Eslováquia3,1%2,0%3,1%3,4%
16Espanha3,0%3,2%2,6%2,1%
17México2,8%2,7%1,7%2,1%
18Coréia do Sul2,8%3,6%2,6%2,6%
19Portugal2,8%4,1%1,7%1,6%
20Cingapura2,7%-1,3%2,3%1,8%
21Finlândia2,7%4,9%0,9%1,3%
22Taiwan2,6%2,9%2,3%1,2%
23Noruega2,6%0,9%1,7%2,0%
24Ucrânia2,4%4,0%2,0%1,5%
25Áustria2,3%2,8%1,6%1,5%
26Suécia2,2%1,6%2,6%2,4%
27Dinamarca2,2%2,4%1,4%1,6%
28Peru2,1%0,5%3,0%2,9%
29Reino Unido2,1%1,2%1,6%1,2%
30Estados Unidos1,9%0,7%2,2%2,5%
31Alemanha1,7%2,4%1,6%1,6%
32Japão1,6%2,2%1,3%1,1%
33Bélgica1,5%2,1%1,4%1,5%
34Colômbia1,1%0,9%2,2%3,0%
35França0,8%1,0%1,3%1,5%
36Itália0,8%1,0%0,8%0,8%
37Rússia0,5%2,3%1,4%1,8%
38Grécia-0,3%-0,5%1,2%1,8%
29BRASIL0,4%4,3%0,5%2,5%

Comentarios

Más popular

Arriba