Brasil

Medio digital brasileño elogia al Paraguay y lo compara con el Brasil

Con el título, “O milagre paraguaio e sua lição para o Brasil”, el medio digital brasileño www.primeirahorams.com, publica un artículo extraído del otro medio “Economía, frontera”, en el cual el cronista elogia al Paraguay en todos los aspectos y hace una comparación con el Brasil.
elproyecto-01Z
Para no desvirtuar la naturaleza del contenido y teniendo en cuenta que la mayoría de nuestros lectores leen e interpretan fácilmente el idioma portugués, transcribimos en extenso el interesante artículo, que aporta datos estadísticos muy importantes que hasta los propios paraguayos desconocemos.
PUBLICIDADE:
banner-anuncie

O MILAGRE PARAGUAIO E SUA LIÇÃO PARA O BRASIL

Olá, amigos. Estive no Paraguai no mês passado e me surpreendi positivamente: mesmo nas cidades mais pobres, não vi mendigos. Na cidade de Pedro Juan Caballero me disseram que não existia linha de ônibus, pelo fato de TODA a população possuir transporte próprio. Fui pesquisar preços e descobri que isso procede: salário mínimo de R$1.180,00, sendo que uma moto usada é facilmente encontrada por cerca de R$500,00. Fiquei tão encantado que estive pesquisando sobre o “Milagre Paraguaio”: um país com fama de miserável e que vive de pirataria, na cabeça dos mais desinformados. Alguns dados que te farão mudar de idéia:
1t4u
1. A expectativa de vida do paraguaio é de 74,5 anos, contra 73,5 do brasil. (OMS)
2. A taxa de analfabetismo é a metade, um trabalhador paraguaio estuda em média 2 anos a mais que um brasileiro, e a taxa de finalização da quinta série é maior do que em nosso país. No último ranking UNESCO sobre educação, o Paraguai encontra-se 12 posições acima do Brasil.
3. A densidade de rodovias asfaltada por milhão de habitantes é de 826 km, contra 920 do Brasil. Apesar de a carga tributária ser 1/4 da nossa.
4. A pobreza, medida pelo Banco Mundial, em termos de USD 2,25 diários (por PPP), é 14% no Paraguai, contra 12,5% no Brasil.
5. A taxa de homicídios dolosos no Paraguai, de acordo com último relatório da OMS e da Mapa da Violência, é 12 para cada 100.000 habitantes, contra 21/100.000 no Brasil.
6. O Paraguai é o país de maior crescimento econômico da América Latina nos últimos 40 anos, cm média de 7,2% anual entre 1972-2011.
7. Menor carga tributaria das Américas desde 1970 – 8% do PIB-, legislação trabalhista favorável e flexível, onde 70% da população tem menos de 35 anos de idade.
8. Moeda mais estável do continente, o Guarani, com 70 anos de existência. Sem hiperinflação, com mercado totalmente aberto, cambio livre desde 1989, baixa divida externa – somente 8% do PIB – e baixo endividamento público – 6% do PIB-, com reservas internacionais suficientes para cobrirem 105% da divida externa total.
PUBLICIDADE:
art forma 1

RESUMINDO
Ainda que com baixíssima pressão tributária, socialmente falando, o Paraguai tem em educação, saúde e segurança, melhores índices do que nós.

CONCLUSÃO
A medida preferida do PT, aumentar os impostos e taxar os mais ricos, é justamente o oposto do que o Paraguai tem feito, que é diminuir os impostos para incentivar o empreendedorismo. O grande economista Arthur Laffer demonstrou que é possível arrecadar mais com menos impostos. Isso foi comprovado no governo de Ronald Reagan, nos EUA, e também em Hong Kong, Singapura e na China de Deng Xiaoping, e hoje se aplica no Paraguai, que tem crescimento médio de 7,2% há 40 anos, enquanto o Brasil tem lutado para não ter crescimento negativo do PIB. É duro…

Publicado en Economía, Frontera/A.DIGITAL.

PUBLICIDADE:
13516469_10210132154285861_4534715048324970584_n

Comentarios

Más popular

Arriba