Otros

Marun confirma que Temer sabia da ‘mesada’ da JBS para Eduardo Cunha

Por: Folha de Dourados

Temer e Joesley estiveram juntos em Mato Grosso do Sul em 2012, para inauguração de empresa do grupo JBS

Aliados do presidente Michel Temer (PMDB), entre eles o deputado por Mato Grosso do Sul, Carlos Marun (PMDB), revelaram que ele já sabia que o empresário Joesley Batista, dono da JBS, dava dinheiro ao ex-presidente da Câmara e deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

Segundo o Jornal Folha de São Paulo, durante o encontro de Temer com aliados na noite de ontem, quarta-feira (17), no Palácio do Planalto, ele confessou que sabia da ‘mesada’ dada a Cunha. Marun, disse ao periódico paulista, todavia, que o presidente não havia feito tal pedido, tampouco manifestou qualquer objeção às doações ao ex-aliado, fundamental no processo de impeachment de Dilma Rousseff (PT).

Ao Jornal Midiamax, Marun confirmou o contato com Temer, e disse que o correligionário estava constrangido por ter caído na ‘cilada’ armada pelo empresário Joesley Batista.

Sem identificar os aliados, a Folha revelou que o presidente via a ajuda a Cunha como um ‘ato de solidariedade’ dos donos da JBS ao ex-deputado que garantiu a tramitação do impeachment e ascensão de Temer à Presidência da República.

O Jornal paulista também disse que interlocutores de Michel Temer contaram que ele ouviu de Joesley que a família de Cunha passava por dificuldades financeiras, e que o empresário havia insistido para ser recebido no Palácio do Jaburu no último dia 7 de março.

Na ocasião, Jornal O Globo noticiou, com repercussão internacional, que o presidente foi gravado dando aval para compra do silêncio de Cunha.

JL MAT.CONST.
PUBLICIDADE.

Comentarios

Más popular

Arriba