Otros

Mais um preso é encontrado morto na Máxima da Capital; 4º caso em três semanas

Mais um preso é encontrado morto na Máxima da Capital; 4º caso em três semanas

Mais um detento foi encontrado morto no Estabelecimento Penal de Segurança Máxima de Campo Grande. Este é o quarto caso em 20 dias.​

Segundo o Correio do Estado, Iverson Ricardo Lopes Pinto, de 24 anos, foi encontrado morto nesta quarta-feira (20), no solário do presídio. Ele cumpria pena por tráfico de drogas na cela 308 do pavilhão 6. O delegado Fabiano Nagata foi até o local para apurar as circunstâncias do crime e ainda não há informações se é um caso de assassinato.

Pela manhã a Polícia Civil já havia sido chamada para ir até o presídio investigar outro caso. Cinco agentes penitenciários foram intoxicados depois de tomarem café no Estabelecimento Penal. A suspeita é que os presos tenham colocado entorpecente ou medicamento controlado na garrafa.

OUTROS CASOS

Em 20 dias, outros três detentos morreram na Máxima. O último caso aconteceu, na segunda-feira (18), quando Luiz Otávio de Souza, de 25 anos, foi encontrado deitado no saguão onde os presos tomam banho de sol. Ele não estava com nenhum ferimento.

No dia 1º de abril, Douglas Farias do Carmo, de 35 anos, foi encontrado morto deitado no colchão da cela. Na ocasião, o delegado disse que ele estava doente.

Na noite anterior, o interno Sidnei Baptista Borges, 45 anos, morreu enquanto aguardava para ser transferido para unidade de saúde externa. Ele também teria problemas de saúde.

Comentarios

Más popular

Arriba