Otros

Mais procurada de SP, Maria do Pó completa 10 anos foragida da Justiça

Traficante é única mulher na lista de criminosos mais procurados pela polícia.
Ela fugiu da prisão em 2006; R$ 5 mil é a recompensa por sua recaptura.

Maria do Pó é a única mulher a ter a foto estampada na lista de recompensa de criminosos mais procurados do estado de São Paulo; R$ 5 mil é o valor da recompensa por denúncias que levem a localização e prisão da traficante (Foto: Reprodução / WebDenúncia)
Maria do Pó é a única mulher a ter a foto estampada na lista de recompensa de criminosos mais procurados do estado de São Paulo; R$ 5 mil é o valor da recompensa por denúncias que levem a localização e prisão da traficante (Foto: Reprodução / WebDenúncia)

Única mulher a figurar na lista de recompensa dos criminosos mais procurados pela polícia de São Paulo, a traficante de drogas Sonia Aparecida Rossi, a Maria do Pó, completa dez anos foragida da Justiça na tarde desta quarta-feira (9). Às 13h do dia 9 de março de 2006, uma quinta-feira, a criminosa mais influente e perigosa do estado fugia da Penitenciária Feminina de Sant’Ana, no Carandiru, Zona Norte da capital.

Condenada a 54 anos e oito meses de prisão, em regime fechado, por tráfico de drogas, Maria do Pó ficou famosa na crônica policial em 1999, quando acabou envolvida no desaparecimento de 340 quilos de cocaína do Instituto Médico-Legal (IML) de Campinas, no interior do estado. O furto da droga, avaliada em R$ 400 mil, ocorreu no dia 26 de janeiro daquele ano, seis dias após a apreensão da cocaína em uma chácara em Indaiatuba, município da região.

saiba mais
Denúncia leva à prisão de um dos criminosos mais procurados em SP
Após 12 anos de lei, Alckmin começa a pagar por denúncia sobre crimes
Mais um integrante de lista dos mais procurados de SP é preso em Minas

A droga estava sob a responsabilidade de policiais. A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Narcotráfico chegou a apurar se Maria do Pó pagou propina a policiais para eles liberarem a cocaína.

A recompensa para quem tiver informações que levem a localização e prisão de Maria do Pó foi fixada em R$ 5 mil no site WebDenúncia. A traficante é a única mulher entre os oito mais procurados na página, que surgiu de uma parceria entre a Secretaria da Segurança Pública (SSP) e o Instituto São Paulo Contra Violência (ISPCV).

Comentarios

Más popular

Arriba