Otros

Maconha do Paraguai, cocaína da Bolívia, armas da Venezuela

Maconha do Paraguai, cocaína da Bolívia, armas da Venezuela

O Brasil é o buraco mais violento do mundo.

Se Alexandre de Moraes conseguir realizar seu plano de policiar as fronteiras, isso finalmente poderá mudar.

Em sua importante entrevista à IstoÉ, ele disse:

“O País não produz cocaína. A maconha consumida aqui vem do Paraguai. O tráfico de armas, que até sete anos atrás era só no Rio de Janeiro, agora está em São Paulo, Porto Alegre. Esse armamento vem da Venezuela, pois comprou muito da Rússia nas últimas décadas e acaba vendendo clandestinamente. E todos os crimes graves têm relação: ou com tráfico de entorpecente ou com tráfico de armas”.

Ele disse também:

“O Ministério vai dar prioridade absoluta para a Força Nacional atuar nas fronteiras. Vamos agregar a segunda fase que é a externa. Aí temos de apontar onde cada Ministério vai ajudar nesse processo. O que não é razoável é que o Paraguai e Bolívia, de onde vem boa parte da maconha, cocaína e armas, tenham relação diplomática com o Brasil, comércio com o Brasil e não tomem uma postura mais dura com relação a isso”.

Comentarios

Más popular

Arriba