Otros

Lei que obriga farol baixo em rodovias entra em vigor nesta sexta

O uso do farol baixo visa garantir que o motorista veja e seja visto por outros veículos e pedestres.

Entrar em vigor a partir desta sexta-feira, dia 8 de julho, a lei que obriga os motoristas a usarem farol baixo aceso mesmo durante os dias nas rodovias.

A nova norma alterou dois artigos do CTB (Código de Trânsito Brasileiro) e prevê multa de R$ 85,13 ao condutor que descumpri-la, além perder quatro pontos na CNH (Carteira Nacional de Habilitação).

Desde 1998, o Contran (Conselho Nacional de Trânsito) recomenda aos motoristas, por meio da Resolução 18/98, o uso do farol baixo durante o dia. Agora, com a Lei 13.290, de 16 de maio de 2016, o uso passa a ser obrigatório.

Farol Baixo x Lanterna – Desde a aprovação, a nova lei vem gerando uma certa confusão entre os motoristas sobre qual luz deve deixar ligada. Segundo a PRF (Polícia Rodoviária Federal), a nova lei diz farol baixo, diferente do farolete, farol de milha, farol de neblina e o DRL (Daytime Running Light).

Ainda conforme a PRF, o farol baixo não pode ser confundido com a lanterna ou luz de posição.

A lanterna não substitui o farol baixo dentro da nova regra. O farol baixo é o mesmo utilizado durante a noite, para iluminar a rodovia, sem ocasionar ofuscamento ou incômodo aos condutores e outros usuários da via que venham no sentido contrário.

O uso do farol baixo não é apenas para garantir que o motorista veja o que está à sua frente, mas também para que seja visto por outros motoristas e pedestres.

Fonte: Campo Grandenews

Comentarios

Más popular

Arriba