Otros

Lava Jato bloqueia mais de R$ 3 milhões de ex-presidente do Banco do Brasil

Preso na 42ª fase da Operação Lava Jato, iniciada na última quinta-feira (27), o ex-presidente do Banco do Brasil e da Petrobras, Aldemir Bendine, teve R4 3.417.270,55 bloqueados nesta segunda (31). O bloqueio foi informado pelo Banco Central do Brasil (Bacen) e protocolado ao processo da Justiça Federal do Paraná.

O pedido do bloqueio havia sido feito pelo juiz federal Sérgio Moro, que, em primeira instância, havia solicitado a restrição de até R$ 3 milhões em contas e investimentos dos investigados na nova fase da operação.

Também foi protocolado nesta segunda, pela defesa do executivo, um recurso contra o pedido de sequestro e indisponibilidade de bens e valores de seu cliente. Bendine é acusado de receber R$ 3 milhões em propina da construtora Odebrecht e foi realocado para a carceragem da Polícia Federal em Curitiba. Ele deve prestar depoimento ainda na tarde desta segunda.

Além de Bendine, foram presos os irmãos Antônio Carlos Vieira da Silva Júnior e Gustavo Vieira da Silva, acusados de serem os operadores do esquema de corrupção que é investigado na 42ª da Lava Jato.

As detenções foram feitas em caráter temporário e vencem nesta segunda. Existe a possibilidade delas serem prorrogadas por mais cinco dias ou transformadas em preventiva, que tornaria a detenção em uma decisão de tempo indeterminado.

PUBLICIDADE.

JL MAT.CONST.
PUBLICIDADE.

Comentarios

Más popular

Arriba