Brasil

Judocas de Mato Grosso do Sul defendem títulos no Pan-Americano

Judocas de Mato Grosso do Sul defendem títulos no Pan-Americano

As seleções de base do judô brasileiro encaram, a partir de hoje, o Campeonato Pan-Americano de Judô Sub-18 e Sub-21, em Córdoba, na Argentina. Entre os destaques da equipe, as sul-mato-grossenses Larissa Farias e Vitória Andrade defendem os títulos conquistados na edição passada do torneio. Já Layana Colman, bicampeã na classe cadete, tenta seu primeiro ouro pelo juniores.
PUBLICIDADE:
13516469_10210132154285861_4534715048324970584_n
Este ano, o Pan-Americano de judô ganha importância especial por causa dos Jogos Olímpicos do Rio, que acontecem no próximo mês. Com o megaevento, os Mundiais Sub-18 e Sub-21 não serão realizados, o que faz da disputa continental a mais importante do ano para os atletas de base.

Natural de Ladário, Larissa Farias, 19 anos, foi ao lugar mais alto do pódio na edição 2015, em San Jose, Costa Rica, na categoria até 44 kg. Este ano, o desafio é um peso acima, na classe até 48 kg — primeira competição internacional pelo novo peso.

“A pressão é grande, mas a experiência conta muito agora. Estou tranquila, pois trabalhei duro para chegar até aqui e o resultado é só consequência”, comenta a judoca, que se inspira na campeã olímpica em Londres-2012, Sarah Menezes. “Já estive em diversos treinamentos dividindo o mesmo tatame com ela. Ela é um exemplo de determinação e trabalho duro. Temos um jogo de luta diferente, mas tudo que observei nela acrescenta algo em mim”, continua.

Pela Sub-18, a campo-grandense Vitória Andrade, 17, tenta o bicampeonato pela categoria até 57 kg. Além do título pan-americano, a judoca foi quinta colocada no Mundial cadete em 2015.

Já a campo-grandense Layana Colman, 19, campeã olímpica da juventude em 2014, luta na classe até 52 kg por seu primeiro ouro no Pan-Americano Sub-21. A atleta já faturou o título continental duas vezes, mas pelo Sub-18.

Com 33 judocas do Brasil, as disputas em Córdoba começam hoje e vão até domingo.

Fonte: Correio do Estado

Comentarios

Más popular

Arriba