Brasil

Já perdi a conta de com quantos caras transei”, diz menina de 19 anos

Amanda e Nathaly são duas jovens: uma escolheu esperar para transar só após o casamento, a outra cede todas as vezes que tem vontade. Mas uma respeita a escolha da outra
Reprodução- Nathaly tem 19 anos e é estudante
Perder a virgindade é um assunto que aterroriza a vida de muitas mulheres. “Qual é o cara ideal para transar pela primeira vez?”, “Transo antes ou depois do casamento?” e “O que as pessoas vão pensar de mim se transar com vários?” são alguns questionamentos frequentes.

“Chega um momento que dá uma esquentada e, é nessa hora, que se torna mais difíci. Se controlar é sempre complicado”
Para essa escolha difícil, muitos ideais e pensamentos são levados em conta, mas a verdade é que não importa qual seja, a decisão da mulher tem de ser respeitada. Conversamos com duas meninas da mesma faixa etária, mas com escolhas opostas. Amanda Cristina Bonifácio, de 20 anos, escolheu esperar a noite de núpcias. Nathaly Boscatto, de 19 anos, já perdeu a conta de com quantos caras transou.

“Sexo para mim é depois do casamento”
bg8as2bqjctse1zdl06xhfnvc
Aos 20 anos, Amanda espera o casamento para perder a virgindade
Arquivo pessoal
Aos 20 anos, Amanda espera o casamento para perder a virgindade
Não é fácil no auge dos 20 anos e em uma relação de mais de 3 anos segurar os hormônios e decidir esperar o casamento para, enfim, perder a virgindade, mas Amanda Cristina Bonifácio escolheu esse caminho. Ela é evangélica e uma frase que escuta na igreja desde pequena pode ter influenciado sua decisão: “guardar o corpo para o cara certo e na hora certa é a melhor escolha”.

“Quando conheci o Rafael, foi uma escolha em comum acordo, até porque ele também é da igreja e decidimos que neste relacionamento iríamos fazer tudo certinho e esperar para termos relações depois do casamento”, explica.

O noivo da blogueira já teve relações sexuais e tem um filho de outro relacionamento. Entretanto, agora respeita a escolha de Amanda. “Quando a gente ama alguém, sexo não é a prioridade no relacionamento”, afirma.

Amanda não esconde o quanto é difícil “se segurar” em alguns momentos. “Assim como todo casal, chega um momento que dá uma esquentada e, é nessa hora, que se torna mais difícil”, assume. Ela ainda completa: “Se controlar é sempre complicado”.
PUBLICIDADE:
12799260_819029421552772_8951778766523769026_n
A jovem não esconde que, por diversos momentos, pensou em desistir de tudo. Apesar disso, afirma que, mesmo que estivesse em outro relacionamento, manteria a sua escolha. “Vai além do meu relacionamento. É claro que o fato de eu e o Rafael sermos da mesma religião facilita muito, mas eu não fiz a escolha por causa dele e, sim, por mim. Sexo para mim é depois do casamento e sempre procurei alguém que respeitasse isso”.

“Não conto com quantos caras já transei”

Nathaly tem 19 anos e é estudante
Reprodução
Nathaly tem 19 anos e é estudante
A escolha de Nathaly Boscatto foi bem diferente. Ela perdeu a virgindade aos 15 anos com um rapaz que havia conhecido naquele dia. “Era meu aniversário e passei a tarde toda com um cara que ficava. Ele disse que não ia tirar minha virgindade, mas eu queria muito. Fui para uma balada à noite e transei com o primeiro cara que me perguntou se podia me levar embora. A vida é assim: não quer tem quem queira”, conta a estudante.

“Se for ligar para o que todo mundo pensa, não vivo. As pessoas se prendem muito em tabus”, opina.
2a32yvcxgxwhdwn7ez6s6kbmw
A estudante ainda diz que já teve mais de 40 parceiros. “Não conto com quantos caras já transei”.

“Não conto com quantos caras já transei”
Mesmo pensando assim, Nathaly ainda se surpreende com algumas coisas que já fez. “Uma vez, voltando da balada, tinha um cara bem gatinho na porta da casa dele fazendo ‘bota fora em casa’ e querendo ‘desinaugurar’ a casa porque ia se mudar no outro dia. Simplesmente entrei e transamos”. Mas claro, tudo isso usando proteção para não engravidar ou contrair algum tipo de doença, faz questão de ressaltar.

Cada uma com suas escolhas

Algumas escolhem esperar, outras preferem ceder à vontade sem neuras, mas o importante é o respeito. Quando Nathaly foi perguntada sobre o que acha da escolha de Amanda, ela disse que “pensa que ela está perdendo o melhor da vida, mas são escolhas dela e respeita isso”.

Amanda também opiniou sobre a outra jovem. “Acho que o corpo é de cada um e com isso cada um tem o direito de fazer o que quiser com ele. Ninguém tem o direito de julgar isso”.

PUBLICIDADE:
GANADERA 2

Comentarios

Más popular

Arriba