Otros

Indivíduo disse que “iria chamar seus amigos de Ponta Porã para mandar tiros”

Homem é acusado de ameaçar ex e policiais em Amambai

Indivíduo disse que “iria chamar seus amigos de Ponta Porã para mandar tiros”, relata boletim de ocorrência.
Sinivaldo Alonso Lovera, de 32 anos, foi detido e encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil local, após ameaçar a ex-esposa e policiais militares, em Amambai.

Segundo consta no boletim de ocorrência, Sinivaldo teria abordado a ex-esposa quando ela chegava a casa, na região da Vila Indiana, após o trabalho, no final da tarde da quarta-feira, dia 20 de julho, ameaçado a ex-mulher e inclusive quebrado uma das janelas da casa.

A Polícia Militar foi acionada e ao chegar ao local se deparou com o acusado tentando agredir uma suposta testemunha que teria apontado para ele, mostrando aos policiais, quem seria o autor das ameaças contra a ex-mulher.

Depois de os policiais levantarem as informações do ocorrido no local, ao comunicarem que o homem seria conduzido à Delegacia para prestar esclarecimentos, Sinivaldo teria reagido, passado a xingar os policiais miliares, falando inclusive que iria “estuprar” filhas e esposas dos PMs, além de amaçar dizendo, segundo a ocorrência; “vou chamar meus amigos de Ponta Porã e mandar tiros em vocês”.

Diante da atitude do indivíduo que segundo a ocorrência policial aparentada estar embriago, os policiais precisaram fazer o uso da força física para deter o acusado.

Na Delegacia de Polícia Civil, depois de adotados os procedimentos que o caso requer, o indivíduo foi liberado para responder ao processo em liberdade.

De acordo com o Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJ/MS), Sinivaldo Alonso Lovera já responde a pelo menos três processos na Justiça, um por ameaça na comarca de Angélica, outro por lesão corporal na comarca de Itaquiraí e um terceiro por contravenções penais na comarca de Ivinhema.

No caso registrado em Angélica, segundo o site Ivi Notícias, Sinivaldo, de posse de um revólver, teria se deslocado até o chamado “Bar da Rose” e ameaçado um homem, na época dos fatos, em julho de 2010, com 31 anos d e idade, de morte.

A ameaça, segundo o site de notícia, se deu porque Sinivaldo teria uma dívida com a vítima e a vítima teria cobrado tal dívida.

Fonte: A Gazeta News

Comentarios

Más popular

Arriba