Otros

Homem foi preso após “vender” a esposa para quase 3 mil clientes

Um homem foi preso em Meaux, na França, por prostituir a esposa durante quatro anos.

A mulher também foi detida por atividade sexual ilegal. Durante os quatro anos de atividade, a mulher teve 2742 clientes. As informações são do jornal “Mirror”.

Ainda de acordo com a reportagem, o homem, de 54 anos, ficava no carro da família enquanto a esposa, de 46, usava a casa para receber os seus clientes. As investigações revelaram que o casal lucrava cerca de R$ 30 mil por mês.

A promotoria da cidade decidiu apenas processar o homem por causa da atividade de gigolô. Ele não teve o novo revelado por razão legal. A mulher prostituída foi liberada porque, segundo a Justiça, foi vítima do marido.

PUBLICIDADE

AMAMBAY EMPENHO

Comentarios

Más popular

Arriba