Economia

Greve: Preocupados, agricultores estocam combustível

O Comando Nacional dos Transportes confirma greve dos caminhoneiros a partir de segunda-feira, dia 09. O movimento quer, prioritariamente, a saída da presidente Dilma do comando do país, pois alegam que o governo não cumpriu os compromissos firmados com a categoria na última negociação.

A expectativa de greve tem gerado uma corrida para abastecer carros e máquinas agrícolas de várias regiões do Brasil. Em Medianeira, no Paraná, os agricultores já estão estocando combustível.

“O pessoal está correndo para os postos. Precisa de diesel pra aplicação de fungicida programada para a semana que vem nas lavouras de soja. E o povo da cidade está enchendo os tanques dos carros também”, conta o presidente do Sindicato Rural de Medianeira, Ivonir Iodi.

Na região serrana do Espírito Santo, produtores já não encontraram gasolina em alguns postos da cidade de Brejetuba, tal foi a preocupação com a intensidade da greve anunciada para segunda-feira, relataram produtores.

“Hoje de manhã não tinha gasolina nem álcool e o diesel estava acabando. Os frentistas me disseram que acabou por causa da greve. Eu fui buscar gasolina para as roçadeiras e motosseras que uso nos cafezais”, relata o produtor rural, Tharles Dias.

Na edição do Mercado&Cia, vários agricultores demonstraram apoio à greve dos caminhoneiros, mas alguns se mostram muito receosos com o momento escolhido pelo setor para travar as rodovias do país. É o caso do Frederico Paes, de Brasnorte, Mato Grosso, que escreveu pelo whatsapp do Canal Rural.

“A única coisa que salva o nosso país é a agricultura. Parar o país no momento do plantio da safra é fadar o país ao caos. A greve é fundamental para livrar o país, mas o momento é inadequado”, pondera Paes.http://blogs.canalrural.com.br/

PUBLICIDADE:

20151106024032

Comentarios

Más popular

Arriba