Otros

Filho encontrado esfaqueado foi morto depois de perguntar sobre assassinato de irmão

Filho encontrado esfaqueado foi morto depois de perguntar sobre assassinato de irmão

Três pessoas foram presas nesta terça-feira (9) e um adolescente apreendido, acusados pelo assassinato de Gilvani Aparecido Nunes Conceição, de 39 anos, na cidade de Rio Brilhante distante 158 quilômetros de Campo Grande.

Gilvani foi morto depois de ser esfaqueado no pescoço e agredido a pauladas na cabeça. Depois de investigações a polícia conseguiu chegar até a casa dos irmãos Reinaldo Santos Amaral, de 30 anos, Creginaldo Santos Amaral, de 24 anos.

A dona do imóvel onde a vítima foi encontrada por sua mãe, e que seria ponto de venda de drogas também foi presa, por tráfico de drogas. O Adolescente apreendido que anteriormente seria testemunha foi levado para a delegacia depois que Reinaldo afirmou que o adolescente teria entregue a faca para o assassinato.

A motivação do crime

Na delegacia os irmãos afirmaram que cometeram o assassinato depois de terem sido indagados por Gilvani sobre o assassinato do irmão. Eles disseram que passavam de bicicleta em frente à residência quando foram chamados pela vítima e questionados sobre o crime.

Momento em que começou a discussão e de posse de um pedaço de madeira e da faca entregue pelo adolescente ele agrediram e esfaquearam o homem, que foi encontrado pela sua mãe.

Passagens
Ainda de acordo com o site Rio Brilhante em Tempo Real, Creginaldo já foi acusado de lesão corporal dolosa e vias de fato. Já Reinaldo por perturbação da tranqüilidade e lesão corporal dolosa contra sua esposa a qual ele esfaqueou no braço no ultimo dia 12. Foi preso em flagrante por violência domestica e ficou detido por 06 dias, sendo colocado em liberdade. Os irmãos foram autuados por homicídio doloso qualificado por motivo fútil, cuja pena é de 12 a 30 anos de reclusão.

O crime
Gilvani Aparecido Nunes da Conceição, 39 anos, foi assassinato nesta terça-feira (9), esfaqueado no pescoço e agredido com golpes de blocos de madeira na cabeça. Ele foi resgatado por sua mãe e acabou morrendo no hospital.

Testemunha avisou a família sobre o crime e a vítima acabou sendo encontrada caída no chão em frente a um imóvel identificado como ponto de venda de drogas. Policiais militares foram acionados e deram início as buscas. Vítima passava por tratamento para se livrar das drogas.

Comentarios

Más popular

Arriba