Otros

Filho de vereador morto em acidente estava acima de 100 km/h, diz laudo

Filho de vereador morto em acidente estava acima de 100 km/h, diz laudo

Laudo sobre avaliação do local do acidente onde morreu Paulo Siufi Filho, 21, filho do vereador Paulo Siufi, foi concluído. O resultado, segundo o jornal Correio do Estado, mostra como causa determinante desvio de direção e que o C4 Picasso que o rapaz dirigia estava entre 100 a 110 km/h. A informação é do delegado Sérgio Duarte, da 4ª delegacia, onde o caso é investigado.

Paulo Siufi Filho morreu na noite do dia 28 de abril, no anel rodoviário entre as saídas de Três Lagoas e de São Paulo, na Capital.

Em curva, no quilômetro 477 da rodovia, ele perdeu o controle da direção e bateu em caminhão, cujo motorista seguia a 70 km/h, conforme indicado no tacógrafo do veículo. “Laudo indica que o jovem invadiu a pista contrária, em alta velocidade. O outro motorista ainda tentou desviar, mas não conseguiu. Como não teve culpa, prestou informações como testemunha”, citou o delegado em entrevista ao jornal.

A possibilidade levantada pela polícia inicialmente era de que o jovem pudesse ter dormido ou tido mal súbito. Contudo, também não é descartado que Paulo Siufi Filho tenha se distraído com algo.

No ponto da colisão não havia marcas de frenagem do C4 Picasso. No bolso da calça dele foi encontrado cupom fiscal referente a compra de cabo USB de celular, às 23h46 e o acidente aconteceu por volta da 0h10. A polícia ainda espera resultado do exame necroscópico para saber a causa da morte.

O delegado Sérgio acredita que encerra o inquérito de investigação em 30 dias. “Esperamos resultados de mais exames e alguns documentos. Acredito que o caso será arquivado, tendo em vista que provas até agora mostram que o acidente com morte foi provocado pela própria vítima”, pontuou.

Comentarios

Más popular

Arriba