Otros

Farra da publicidade: Governo dá quarto termo aditivo e 25% a mais para agências em MS

Foi publicado no Diário Oficial do Estado desta sexta-feira (10) o quarto termo aditivo com as 12 agências de publicidade que mantêm contrato com o Governo do Estado de Mato Grosso do Sul. Agora, o governo aumenta em 25% o valor inicial dos contratos. O ordenador de despesas é Sergio de Paula, braço direito do governador Reinaldo Azambuja (PSDB).

Em abril de 2015, o governo de Reinaldo prorrogou os 19 contratos com agências mantidas pelo governador André Puccinelli e lançou um edital avisando que gastaria R$ 35 milhões na contratação de novas agências.

O resultado da licitação foi dado em outubro de 2015 e as 12 agências vencedoras foram a Ramal Propaganda, Slogan Publicidade, AgilitPropaganda, Comuniart Comunicação, Origem Comunicação, Novo Engenho, B&W Três Propaganda, Think Service, Art e Traço, Let’s Comunicação, Compet Marketing e Matéria Prima Comunicação.

Até o ano passado, as 12 agências já haviam recebido, juntas, R$ 99.569.236,44. O valor é um pouco menor do empenhado pelo governo, ou seja, valor programado para ser destinado, que ultrapassa os R$ 100 milhões.

Segue a lista de como os valores foram distribuídos em 2015 + 2016:

Ramal Propaganda Ltda R$ 10.673.772,83 + R$ 3.079.817,51

Slogan Publicidade Ltda R$ 2.073.294,35 + R$ 4.565.396,51

Agilità Propaganda e Marketing Ltda R$ 968.643,00 + R$ 8.272.271,41

Comuniart Comunicação & Marketing Ltda-EPP R$ 11.158,15 + R$ 4.438.913,35

Origem Comunicação e Marketing Ltda EPP R$ 1.303.324,20 + R$ 5.694.470,77

Novo Engenho Comunicação Integrada Ltda R$ 1.171.275,19 + R$ 7.849.186,77

B & W Três Propaganda Ltda R$ 1.812.191,42 + R$ 2.446.382,91

Think Service Design S/S R$ 13.111.551,23 + R$ 5.502.280,50

Art e Traço Publicidade & Assessoria Ltda-EPP R$ 9.223.153,12 + R$ 5.230.811,91

Let’s Comunicação Integrada Ltda – ME R$ 669.981,15 + R$ 3.627.079,22

Compet Marketing e Comunicação Ltda – EPP R$ 1.823.168,75 + R$ 3.569.245,64

Matéria Prima Comunicação Ltda R$ 136.562,50 + R$ 2.309.304,05

Além disso, há a publicidade que não aparece na conta dos pagamentos a essas empresas. Como já divulgado pelo jornal do Servidor Público, R$ 1,1 milhão foram gastos em publicidade com a Revista IstoÉ Dinheiro.

André Puccinelli

O uso da verba da publicidade na gestão de Puccinelli sempre foi a caixa-preta da administração pública. Com porta da transparência deficitário, os gastos não eram divulgados.

Em fevereiro de 2015, o deputado federal e ex-governador Zeca do PT denunciou ao Ministério Público Estadual uma conta superior. ““De março de 2013 até dezembro de 2014, período de um ano e dez meses, o governo de André Puccinelli gastou R$ 130.541.282.24 com propaganda, média mensal de R$ 5.933.694.64 ou, se preferirem, R$ 197,7 mil por dia”, disse Zeca na denúncia feita ao Ministério Público.

==========================
INMOBILIARIA CAPITANBADO
PUBLICIDAD:
“Lo que Buscas,Nosotros Tenemos”

Comentarios

Más popular

Arriba