Otros

Exames não confirmam óbito por H1N1 e HU tem 12 pessoas internadas suspeitas da doença

O HU-UFGD (Hospital Universitário da Universidade Federal da Grande Dourados), divulgou na manhã desta terça-feira (31) boletim sobre os casos de H1N1 no local. Nele consta que um dos dois óbitos que aguardavam resultado de exame atestou negativo para a doença, a de uma paciente de 77 anos, moradora em Douradina e que faleceu no dia 22 de maio, relembre aqui.

Ela foi internada no dia 17 de maio com dificuldades respiratória e outras complicações e veio a óbito cinco dias após dar entrada no hospital.

De acordo com os dados, que foram divulgados pela assessorai de imprensa, neste ano foram notificados até o momento 33 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave. Desse quadro, 11 pessoas foram confirmadas com H1N1, dez deram negativos e 12 pessoas estão internadas com suspeita de terem contraído o vírus.

Neste ano duas pessoas morreram no HU após terem contraído a doença, sendo um paciente de Maracaju e outro de Juti. As mortes aconteceram há mais de um mês e foram confirmadas após exames. O hospital aguarda ainda o resultado de exames de outro paciente do município de Caarapó, que faleceu em 24 de maio.

Segundo informações do hospital, pacientes que apresentam Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) termo usado pelos médicos, possuem dificuldade respiratória, tosse e outras doenças causadas por vírus que ataca o sistema respiratório. Quando existe essa suspeita, são realizados diagnósticos clínicos e em seguida exames para que possa então ser diagnosticado a doença.

Casos em Dourados e em Mato Grosso do Sul

O boletim epidemiológico da Secretária de Estado de Saúde (SES) de Mato Grosso do Sul, consta que neste ano foram notificados 485 casos da doença com 143 confirmados. Já em Dourados foram notificados 26 casos com 11 pacientes confirmados com o vírus H1N1. Os dados foram divulgados no dia 25 de maio no site da SES.

Até o momento são 24 óbitos em Mato Grosso do Sul por H1N1 e outro por Influenza B.

As mortes ocorreram nas cidades de Campo Grande (8), Naviraí (4), Aquidauana e Três Lagoas (2 cada), além de Caarapó, Corumbá, Coxim, Jardim, Juti, Ivinhema, Maracaju e São Gabriel do Oeste. A vítima de Influenza B é de Campo Grande.

douradosnews

Comentarios

Más popular

Arriba