Otros

Esposa que planejou morte de ex-vereador é presa dentro de escola

Amante participou do crime

Neuzimar Almeida Farias Viscardi foi condenada a 18 anos de prisão e presa dentro de uma escola, na cidade de Nioaque distante 187 quilômetros de Campo Grande, pelo assassinato do marido o ex-vereador, José Sotolani Viscardi Sotolani, em 2005.
PUBLICIDADE:
d09166e5-632e-45f3-a74c-a50fed6ad83a

A professora tinha sido condenada em 2010, mas ainda estava em liberdade. O Ministério Público do Estado enviou ao juiz que acatasse o pedido para que a ré cumprisse a pena em regime inicialmente fechado.

Neuzimar foi presa no dia 30 de novembro, em Nioaque distante 187 quilômetros de Campo Grande. Ela teria planejado o assassinato do marido em conjunto com o amante, Odair Soares Pereira, 34 anos.

O crime

O assassinato aconteceu em 2005, o ex-vereador José Sotolani Viscardi Sotolani foi morto quando assistia televisão em sua residência. Ele foi assassinado com dois tiros.

SAIBA MAIS
Assassino de mototaxista é agredido pelo filho da vítima em audiência
Após bebedeira, mulher mata o marido e diz que estava cansada de apanhar
Idoso de 76 anos é morto com golpes de punhal pelo enteado
Neuzimar Almeida Farias Viscardi, esposa da vítima, teria planejado a morte do marido juntamente com o amante Odair. Eles contaram com o apoio de Marcio, primo de Odair, que desferiu os tiros contra José.

Neuzimar Almeida Farias Viscardi, 44 anos, o amante Odair Soares Pereira, 34, e o primo dele, Marcio Pereira, 32, foram condenados às penas de 18, 17 e 16 anos em regime fechado pelo assassinato do ex-vereador. O julgamento dos réus aconteceu no dia 19 de outubro de 2010 no Fórum de Nioaque.

A prisão

A professora recebeu voz de prisão na escola que ministrava aula. Os policiais esperaram o término das aulas para não constrangerem os alunos. Neuzimar está em uma cela em Nioaque, mas deve ser transferida para Bonito ou Campo Grande.midiamax

PUBLICIDADE.
elite-m-banner

Comentarios

Más popular

Arriba